6 exchanges brasileiras são envolvidas em operação da Polícia Federal

A fase final da Operação Colossus foi iniciada pela Polícia Federal na última quinta-feira (22).

As ordens são contra exchanges e empresas falsas de quatro países, totalizando 6 corretoras brasileiras.

Com mais de qutro anos de atuação, a operação conta com 158 oficiais, sendo 130 policiais federais, e mais de 100 ordens judiciais já executadas.

Operação no Brasil

Na fase final, a operação busca cumprir dois mandatos de prisão e 37 ordens de busca e apreensão em quatro estados.

No Brasil, a operação busca atuar no Rio de Janeiro, Bahia, São Paulo e Santa Catarina. 

De acordo com a Polícia Federal, os criminosos supostamente usaram ativos digitais para lavar dinheiro por meio de um sistema de remessa.

Ainda, estima-se que cerca de US$ 391 milhões foram movimentados durante operações de câmbio suspeitas.