Weg (WEGE3) anuncia R$ 660 milhões em investimentos em nova fábrica

O aporte será utilizado para ampliar a capacidade de produção da empresa

Publicidade

Publicidade

Nesta terça-feira (27), a multinacional Weg (WEGE3) anunciou o investimento de R$ 660 milhões para ampliar sua capacidade de produzir motores industriais no Brasil.

Para isso, a companhia anunciou a construção de uma nova fábrica em Jaraguá do Sul, no estado de Santa Catarina (SC).

Investimentos

Publicidade

Para fortalecer sua capacidade de produção em território brasileiro, a companhia anunciou o investimento do montante total de R$ 660 milhões ao longo dos próximos três anos.

A quantia será utilizada para ampliar os prédios de fabricação de componentes e logística da companhia, incluindo a atualização e modernização das fábricas já existentes.

Publicidade

Isso faz com que a área já construída seja ampliada em, aproximadamente, 23.000 m², atendendo à demanda projetada pelos investimentos.

Publicidade

Além disso, uma nova unidade no parque fabril de Jaraguá do Sul, cidade onde a sede da Weg se encontra, também foi anunciada.

Weg/Foto: NSC Total

De acordo com o cronograma de investimentos proposto pela empresa, a unidade deve ser concluída no primeiro trimestre de 2024. 

Publicidade

Publicidade

Com uma área de 18.000 m², a fábrica será focada na produção de motores industriais e de tração elétrica, de acordo com a Weg. Seu objetivo é fazer com que a unidade atenda à demanda e às necessidades de expansão da companhia pelos próximos anos.

A construção da fábrica será feita de forma modular. Isso faz com que possíveis ampliações futuras possam ser feitas para que a capacidade de produção acompanhe a crescente demanda gerada pelo crescimento do mercado. 

Publicidade

Até o fim do período previsto para que os investimentos ocorram, a empresa espera ampliar sua capacidade de produção em SC em até 25%.

De acordo com o diretor superintendente de motores industriais da Weg, Alberto Kuba, os investimentos são fundamentais para o crescimento futuro da empresa, 

Publicidade

Isso porque eles “ ampliam consideravelmente nossa capacidade de fabricação para atendermos as demandas das linhas de montagens e filiais comerciais no exterior, e nos capacita fortemente no Brasil para atendermos a crescente demanda de mobilidade elétrica”.

Depois de anunciar os investimentos a serem feitos, as ações da Weg (WEGE3) se desvalorizaram nesta terça-feira (27). Seus ativos somaram às 14:43 horas (Horário de Brasília) uma queda de 1,47%, atingindo os R$ 30,07.

No período de seis meses, a queda foi de 10,45%. No acumulado do ano, suas ações caíram em 6,03%.

Juro sobre Capital Próprio

O anúncio dos novos investimentos ocorre uma semana após a companhia divulgar o pagamento de Juros sobre Capital Próprio (JCP). 

Dessa forma, a companhia publicou na última terça-feira, dia 20 de setembro, um Aviso aos Acionistas informando sobre o repasse de R$ 185,1 milhões em JCP.

Weg anuncia JCP/Foto: Click Petróleo e Gás

A medida foi aprovada em uma reunião do Conselho de Administração da Weg no mesmo dia.

Sendo pago aos acionistas detentores de papéis até o dia 23 de setembro no dia 15 de março de 2023, o montante total representa o valor de R$ 0,044117647 por ação.

No entanto, deduzindo o imposto de renda na fonte de 15%, o valor líquido será de R$ 0,037500000 por ação. 

A condição de imunidade ou desobrigação da retenção por disposição legal poderia ser comprovada junto ao Banco Bradesco S..A. até o último dia 23 de setembro.

A partir de ontem, os ativos da empresa passaram a ser negociados na Bolsa de Valores brasileira, a B3, como “ex-juros sobre capital próprio”.

De acordo com o documento publicado, “informações adicionais podem ser obtidas no Banco Bradesco S.A., departamento de ações e custódia, Cidade de Deus, Osasco (SP), telefone +55 11 3684 9441, ou diretamente na sede da WEG”.

Por fim, o Aviso aos Acionistas foi assinado pelo Diretor de Finanças e Relações com Investidores da Weg, André Menegueti Salgueiro.

Publicidade