Token nativo da exchange Huobi sobe 18% após novos investimentos

Publicidade

Publicidade

O valor do token da exchange Huobi disparou cerca de 18% nas negociações recentes, após as notícias de novos investimentos na exchange de criptomoedas com sede em Seychelles.

O fundador da Huobi, Leon Li Lin, vendeu recentemente sua participação na empresa para a About Capital, uma empresa de gestão de ativos com sede em Hong Kong.

Publicidade

De acordo com uma postagem de blog no site da empresa, a medida fará com que a Huobi receba uma injeção de capital “suficiente” em seu fundo de provisão de margem e risco, bem como um conselho consultivo estratégico global, acompanhado por “figuras líderes do setor”.


Publicidade

A aquisição também fará com que a empresa passe por uma “série de novas iniciativas internacionais de promoção de marca e expansão de negócios”, sem menção específica do que isso implica.

Publicidade

Embora a aquisição signifique que Leon Li Lin perderá o controle sobre a empresa, o anúncio manteve que a mudança “não terá impacto nas principais operações e equipes de gerenciamento de negócios da Huobi”.

Apesar de não estar disponível para usuários baseados nos EUA ou na China, a Huobi ainda é uma das exchanges de criptomoedas mais populares do mundo.

Publicidade

Publicidade

De acordo com a CoinGecko, a Huobi é atualmente a oitava maior exchange de criptomoedas em volume de negociação, com mais de US$ 465 milhões em volume em 24 horas.

A About Capital não era de forma alguma a única interessada em adquirir a participação de Lin.

Publicidade

Relatórios recentes sugerem que o fundador da FTX, Sam Bankman-Fried, e o fundador da Tron, Justin Sun, estavam entre os potenciais compradores interessados, com a avaliação da fatia de Li entre US$ 2 bilhões e US$ 3 bilhões.

“Estou muito honrado por ser nomeado membro do Conselho Consultivo Global da @HuobiGlobal e trabalhar com líderes da indústria, acadêmicos e políticos para ajudar a orientar e desenvolver esta organização inovadora, vibrante e resiliente em seu mais recente capítulo de expansão global. Vela cheia pela frente.”

Publicidade

Apesar de conquistar com sucesso o interesse dos investidores, nem tudo foi fácil para a bolsa nos últimos meses.

O HUSD, uma stablecoin oferecida pela empresa que deveria manter a paridade com o dólar americano, em um ponto caiu quase 15% em relação à sua pretensão de US$ 1.


A empresa sustentou que o problema foi causado por “um problema de liquidez de curto prazo” devido a “uma diferença de horário bancário”, em vez de qualquer instabilidade financeira mais profunda.

A Huobi também reduziu a seleção de tokens que oferece como parte dos planos para se adequar melhor às estruturas regulatórias globais.

Esses tokens incluíam Dash (DSH), Decred (DCR), Firo (FIRO), Monero (XMR), Verge (XVG), Zcash (ZEC) e Horizen (ZEN).

*Com Criptonizando

Publicidade