Saiba mais sobre o leilão do 5G que acontecerá amanhã, em Brasília

A sessão vai marcar a abertura, análise e julgamento de propostas de preço das empresas concorrentes

Publicidade

Publicidade

Está marcado para a manhã desta quinta-feira (4), o início da primeira sessão de abertura e análise do leilão do 5G no Brasil. De acordo com o edital divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), 15 empresas estão concorrendo ao processo licitatório das faixas de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz.

A licitação deve movimentar cerca de R$49,7 bilhões e por conta da alta quantidade de empresas envolvidas e também maior oferta de espectro na história da Anatel, o processo deste primeiro encontro só deve se encerrar na sexta-feira (5). 

Publicidade

De acordo com o presidente da Anatel, Leonardo Euler de Morais, além do alto valor envolvido nas negociações, a licitação tem como objetivo melhorar a infraestrutura do país. 

“[a licitação] tem como ponto central sanar as deficiências de infraestrutura de telecomunicações do País, contribuindo com a retomada do crescimento e do desenvolvimento econômico, com ganhos de produtividade em setores da economia como o agronegócio e a indústria”, afirmou. 

Publicidade

LEILÃO

Publicidade

O leilão será realizado na sede da Anatel, em Brasília. De acordo com o edital, a primeira etapa é a abertura e a análise dos envelopes com as propostas de cada uma das empresas participantes. 

Essas empresas precisam especificar na proposta quais são as faixas de frequência (700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz) que desejam entrar na disputa. Isso se deve principalmente pela diferença de função e objetivo delas.

Publicidade

Publicidade

Imagem: Freepik

Geralmente, essa divisão de frequência ocorre entre empresas de grande porte contra empresas de pequeno porte. 

No caso do 5G, provavelmente as grandes empresas devem brigar pelas frequências mais elevadas e podem oferecer maior velocidade de conexão. Já as companhias e provedores regionais de internet têm maior interesse nas frequências menores, onde a velocidade é menor, porém cobrem uma área maior. 

Publicidade

Conheça agora a lista com todas as empresas que vão participar do processo licitatório:

Algar Telecom SA; 

Publicidade

Brasil Digital Telecomunicações LTDA; 

Brisanet Serviços de Telecomunicações S.A;

Claro SA; 

Cloud2U indústria e comércio de equipamentos eletrônicos LTDA; 

Consórcio 5G Sul; 

Fly Link LTDA; 

Mega Net provedor de internet e comércio de informática LTDA; 

Neko Serviços de Comunicações, Entretenimento e Educação LTDA;

NK 108 Empreendimentos e Participações S.A;

Sercomtel Telecomunicações SA; 

Telefônica Brasil SA; 

TIM SA; 

VDF Tecnologia da Informação LTDA; 

Winity II telecom LTDA;

Além da implementação da tecnologia 5G, as empresas vencedoras terão algumas obrigações a cumprir. Entre elas está o atendimento de pouco ou não servidas, como localidades e estradas, com tecnologia 4G ou superior. 

Para os municípios com mais de 30 mil habitantes, estão previstos compromissos de atendimento já com tecnologia 5G. Nas capitais e no Distrito Federal, o 5G deverá começar a ser oferecido pelas vencedoras do leilão antes de 31 de julho de 2022.

TECNOLOGIA

A tecnologia 5G é o mais recente padrão para serviços móveis, suas características envolvem incluem altas taxas de transmissão de dados e baixa latência, a tecnologia oferece ampla gama de possibilidades, ainda a serem exploradas.

No decorrer de sua implantação, deverão ser desenvolvidas aplicações inovadoras que aproveitem o potencial tecnológico do 5G para introduzir serviços que ampliem a eficiência dos mais diversos setores da economia e beneficiem a sociedade.

Imagem: Reprodução

Diferentemente das mudanças nas gerações passadas (2G, 3G e 4G), o foco desta tecnologia não está somente no incremento de taxas de transmissão, mas também na especificação de serviços que permitam o atendimento a diferentes aplicações.

Entre os avanços esperados para o 5G estão:

  • Aumento das taxas de transmissão – maior velocidade
  • Baixa latência – tempo mínimo entre o estímulo e a resposta da rede de telecom
  • Maior densidade de conexões – quantidade de dispositivos conectados em uma determinada área
  • Maior eficiência espectral – quantidade de dados transmitidos por faixa de espectro eletromagnético
  • Maior eficiência energética dos equipamentos – economia e sustentabilidade
Imagem: Getty Images/Reprodução

QUANDO CHEGA?

Para quem levar o leilão, os prazos dispostos no edital são os seguintes:

5G deve estar disponível nas capitais brasileiras até 31 de julho de 2022; 

Em cidades com mais de 500 mil habitantes até 31 de julho de 2025; 

Municípios com mais de 200 mil habitantes até 31 de julho de 2026; 

Cidades com mais de 100 mil habitantes até 31 de julho de 2027; 

Cidades com mais de 30 mil habitantes até 31 de julho de 2028.

Publicidade