Saiba como melhorar a sua economia doméstica

Dicas para mostrar que a mudança começa em sua casa

Publicidade

Publicidade

Lar doce Lar, essa frase foi traduzida com adaptações do inglês “Home Sweet Home” que simplesmente significa que sua casa é seu templo de descanso, um lugar para sua paz e tranquilidade, onde você pode se sentir seguro e livre. E mesmo que haja problemas naturais na vida, sua casa é o melhor lugar do mundo. 

E para que continue assim por um longo tempo, as suas economias precisam estar alinhadas com seu orçamento, não adianta ter aquela “dor de cabeça” com grandes preocupações sobre sua vida financeira. 

E sua casa é como um banco e o gerente dela é você, além disso é também o contador, tesoureiro e ainda tem que ser um economista ao mesmo tempo. Algumas dicas para você ter uma economia doméstica de qualidade e se “salvar” das dívidas, ou pelo menos reduzi-las, foram separadas para deixar sua vida mais fácil.

Economizar em casa é fundamental para a saúde financeira familiar | Foto: CSB Midia
Publicidade

É hora de limpar a casa

O alvejante e o removedor serão apenas no sentido figurado agora, alvejar as dívidas e remover cada “sujeira” das suas contas. É hora de limpar a casa e organizar cada gasto que você  faz, dentro e fora de casa, tudo deve ser anotado e relatado, organize-se com uma planilha e até o pãozinho das manhãs, precisa entrar em sua lista. 

Publicidade

A importância de ter controle de seus gastos já vai dar uma mudança na rota do seu dinheiro, saber onde cada centavo é utilizado, faz com que você administre as contas para que no futuro, sobre muito dinheiro para você trocar até o sofá velho. 

Publicidade

Mude os móveis de lugar 

Sabe aquele guarda-roupa pesado? Eles são suas contas, é hora de mudar elas de lugar, e não colocar caixas e caixas de contas sobre o seu armário. Estamos falando aqui de corte de gastos, falamos anteriormente sobre trocar seu sofá, mas isso só será possível se no próximo ano, você estiver estabilizado e sem dívidas.

Publicidade

Publicidade

Sua televisão, sua cama, sua prataria, louças, está tudo bem com elas e não é o momento de renovar, um enfeite novo, todos ítens ajudam a colocar mais gastos em sua planilha e isso não é o que queremos aqui, agora é o momento de se perguntar “eu preciso realmente deste novo produto em casa?” Com este dinheiro, você pode usar nas compras de mantimentos, otimizando gastos. 

“Menino, você é sócio da empresa de energia?”

Publicidade

Você deveria ter escutado mais os conselhos da sua mãe, avó, tia, não é mesmo? O preço da energia elétrica no Brasil já acumula uma alta de 24,97% em 2021, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O aumento tem relação direta com as consequências da pior crise hídrica do país em mais de 90 anos.

Lembre-se de retirar os aparelhos não necessários da tomada, cuidado com o stand-by, aquela luz vermelha dos aparelhos eletrônicos, retire os carregadores de celular da tomada, caso não esteja utilizando. E sempre apague a luz quando não utilizar, durante o dia, dê preferência à luz solar, economizar em energia, será o principal fator do seu alívio nas contas em cada mês, em um ano, a diferença será incrível.

Publicidade

Energia elétrica está mais cara a cada ano | Foto: Canal Solar

Você precisa trocar o ar condicionado por ventiladores econômicos, olhar sempre quanto de energia cada eletrodoméstico consome. Caso o ar-condicionado seja um mais econômico, verifique a manutenção. E isto também serve para tudo em sua residência, a manutenção evita gastos com conserto.

Utilize os temporizadores da televisão e ar-condicionado a favor da economia doméstica. Evite dormir com esses aparelhos ligados, principalmente com a TV e aparelhos de tv a cabo. Não durma com o celular carregando, além de perigoso, puxará mais energia.

Organizando a sua despensa

Antes de pedir aquela comida, faça você mesmo, pesquise como fazer, além de conhecimentos, você descobre um potencial chefe, que tal? Faça uma análise de tudo que há em sua despensa e use tudo que está lá, antes de sair para comprar, e caso chegue a hora de ir pro mercado, faça uma lista de compras antes de sair para chegar ao local, determinado e levar somente o necessário. 

Fazer um planejamento semanal das refeições é muito viável também, experimente novas marcas, não é porque a marca está mais barata que ela é ruim. Este é o momento de testar tudo. E claro,não vá às compras com fome, além de evitar um fast-food, as “besteiras” podem encher seu carrinho e deixar sua compra muito mais cara.

Produtos naturais podem custar 50% menos em lugares orgânicos, do que no supermercado, é uma forma de economizar sustentável. E além disso, tenha em mente o quanto a sua família consome por mês, nunca será exato, mas a base já vai te direcionar financeiramente.

Dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial no Brasil, mostram que comer fora de casa acumula alta de quase 7%.

Organize sua despensa e isso ajudará nas contas | Foto: Veja SP

“Terra, Planeta Água” 

Seu corpo é constituído de 70% água, o planeta só existe graças a água, então é hora de valorizar. Sempre que lavar louças, escovar os dentes, mantenha a torneira fechada, banhos mais rápidos, manutenção das torneiras e economizar água é economizar metade do seu dinheiro. 

A conta de água aumentará cerca de 6.69% em 2022 e até 2023, cerca de 9%. Muitos estados brasileiros oferecem um desconto para quem economiza água.

Faça sua pesquisa 

Além de todas essas dicas que vão ajudar e muito seu novo orçamento, no verde, positivo, deixando sua casa com um cheirinho de economia, não tenha vergonha de pesquisar em diversos lugares os preços dos produtos. E aproveite os momentos de promoção, eles ajudam aos gastos excessivos. E agora teste, tente e depois veja como seu “lar doce lar” vai estar mais aconchegante com o dinheiro sobrando.

Publicidade