Receita da Coinbase cai 50% à medida que o mercado de baixa se aprofunda

Publicidade

Publicidade

Em 3 de novembro, a Coinbase Inc. fez sua divulgação de resultados do terceiro trimestre, informando que a receita ficou abaixo das expectativas dos analistas.

A receita da empresa caiu mais de 50% em relação ao ano anterior, à medida que a atividade comercial diminuiu.

Publicidade

Isso resultou em uma perda de US$ 545 milhões em comparação com um lucro de US$ 406 milhões no terceiro trimestre de 2021.


Publicidade

Em uma carta aos acionistas, a empresa declarou:

Publicidade

“A receita de transações foi significativamente impactada por ventos contrários macroeconômicos e do mercado de criptomoedas, bem como pelo volume de negócios que se desloca para o exterior”.

A Coinbase obtém até 90% de seu lucro com suas taxas de transação acima da média do setor e, em um mercado em baixa, esse modelo está claramente sofrendo.

Publicidade

Publicidade

“Nossos resultados financeiros do terceiro trimestre de 22 chegaram. Confira nossa carta aos acionistas”.

A empresa informou que a receita de transações do terceiro trimestre foi de US$ 366 milhões, uma queda de 44% em relação ao segundo trimestre.

Publicidade

No entanto, a receita de assinaturas e serviços aumentou 43%, para US$ 211 milhões. A receita líquida do período caiu 28% em relação ao segundo trimestre de 2021.

O lucro da empresa antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) foi um prejuízo de US$ 116 milhões no período. Isso está abaixo do lucro de US$ 618 milhões no mesmo período em 2021.

Publicidade

A Coinbase observou que as condições macroeconômicas reduziram o volume de negócios, uma vez que os investidores de varejo mudaram para a estratégia de hold.

A Coinbase também disse que o volume de negócios se afastou dos EUA devido a preocupações regulatórias e incertezas.


A exchange registrou 8,5 milhões de usuários de transações mensais (MTUs) durante o terceiro trimestre, abaixo dos 9 milhões no segundo trimestre e 9,2 milhões no primeiro trimestre.

O volume negociado caiu 27%, para US$ 159 bilhões, ante US$ 217 bilhões no trimestre anterior.

“Para 2023, estamos nos preparando com viés conservador e assumindo que os atuais ventos contrários macroeconômicos persistirão e possivelmente se intensificarão.”

As ações da Coinbase despencaram 83% de sua alta histórica de US$ 343 no ano passado, um declínio mais profundo do que os próprios mercados de criptomoedas.

*Com Criptonizando

Publicidade