Nestlé conclui compra do grupo Agro Power após aprovação do Cade

Em acordo, a Nestlé Brasil também assumirá o controle de outras três subsidiárias do grupo

Publicidade

Publicidade

A Nestlé Brasil, um dos braços da empresa sediada na Suíça, concluiu a compra do grupo Agro Power, holding que toma conta de outras três subsidiárias voltadas para produtos alimentícios.

O acordo foi aprovado sem restrições pelo Conselho Administrativa de Defesa Econômica (Cade), nesta quarta-feira, (6). Com isso, a Nestlé Brasil irá controlar a partir de agora 100% das ações da Agro Power.

Publicidade


Acordo entre Nestlé e Agro Power

Após essa aprovação por parte do órgão regulador, a Nestlé poderá assumir o controle do grupo daqui 15 dias caso não haja nenhuma mudança, fazendo com que o portfólio de produtos da empresa suíça no Brasil cresça ainda mais devido à variedade de produtos ofertados pelas subsidiárias da holding brasileira.

Publicidade

Entre as empresas que serão incorporadas pelo Grupo Nestlé estão: NeoVida, PuraVida e Tradal. Estas subsidiárias trabalham no comércio atacadista de ingredientes para a indústria alimentícia e de bebidas e fabricam produtos para alimentação saudável.

Publicidade

Nestlé conclui compra do grupo Agro Power após aprovação do Cade
Aquisição de produtos da marca PuraVida fará com que a Nestlé fortaleça seus produtos voltados para nutrição /Foto: Brazil Journal

Em maio deste ano, a Nestlé já havia adquirido a marca PuraVida por meio da sua unidade voltada para nutrição, a Nestlé Health Science. O negócio fez com que a empresa expandisse a sua presença na área de produtos voltados para a saúde.

A marca PuraVida tem expertise tanto no ramo de produtos naturais, orgânicos e à base de plantas, quanto na parte de suplementos nutricionais, que garantem para os consumidores uma possibilidade de aliar saúde e nutrição em uma série de produtos.

Publicidade

Publicidade

De acordo com o CEO da Nestlé Brasil, com essas aquisições recentes, a Nestlé tem sido capaz de aumentar cada vez mais a sua oferta de produtos com marcas consolidadas sob o seu comando, fazendo com que a empresa cresça globalmente oferecendo novas oportunidades para os consumidores.

A Nestlé terá a sua disposição a partir de agora, não somente os produtos voltados para alimentação e bebidas, mas a empresa também passará a contar a partir de agora após essa aquisição com uma série de aulas online que a PuraVida oferece, além de materiais voltados para nutrição.

Publicidade

Investimentos

Depois de investir cerca de R$ 1 bilhão nas suas operações aqui no Brasil em 2021, a Nestlé pode quase dobrar esse número para 2022, principalmente devido a construção de uma fábrica da sua divisão de ração animal em Santa Catarina, a Nestlé Purina.

A expectativa para este ano é que até dezembro a Nestlé invista mais de R$ 1,8 bilhão, o maior valor já investido no país, sendo que 40% deste valor (R$ 730 milhões) está relacionado com a fábrica de ração para pets.

Publicidade


Apesar do investimento para a construção de mais uma unidade fabril da divisão que já conta com uma fábrica em Ribeirão Preto, a Nestlé também pretende investir mais de R$ 1 bilhão para aprimorar seus serviços de logística com novas tecnologias e de maneira mais sustentável.

No final de junho, a empresa inclusive inaugurou no Rio Grande do Sul o seu primeiro centro de distribuição regional em solo brasileiro. O local, que receberá um investimento logístico ao longo deste ano de R$ 30 milhões, tem a projeção de comercializar mais de 22 mil toneladas de produtos.

Nestlé conclui compra do grupo Agro Power após aprovação do Cade
Nestlé foi notificada por suposta propaganda enganosa em biscoitos da linha Nesfit /Foto: Idec

Notificações

Depois das polêmicas recentes de empresas serem notificadas pelo Ministério da Justiça e pelo Procon devido a propaganda enganosa que se iniciou com a reclamação de que o sanduíche McPicanha do McDonald’s não tinha o ingrediente principal em sua composição, a Nestlé também recebeu notificações com essas alegações.

A Nestlé foi notificada recentemente pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) para prestar esclarecimentos com relação a uma suposta propaganda enganosa nas embalagens dos seus biscoitos da linha Nesfit.

A alegação da Senacon é de que os biscoitos que possuem embalagens citando mel como um dos ingredientes utilizados não possuem o ingrediente na sua composição.

Publicidade