Conselho da brMalls (BRML3) recomenda aprovação de fusão com a Aliansce Sonae (ALSO3)

Parceria entre as duas administradoras de shopping centers foi concluída após duas tentativas

Publicidade

Publicidade

O Conselho da brMalls (BRML3) recomendou a aprovação da empresa com a Aliansce Sonae (ALSO3), as empresas possuem diversos shoppings ao redor do país. O acordo veio após duas tentativas frustradas de negócio.

Com o acordo que prevê o pagamento de R$ 1,25 bilhão em dinheiro por parte da Aliansce para os acionistas da brMalls, além de mais 326 milhões de ações da companhia, será formada a maior empresa de shoppings da América Latina. 

Publicidade

A primeira tentativa de fusão veio ainda no início do ano quando a Aliansce enviou uma proposta para a até então concorrente, porém os números eram inferiores aos apresentados neste momento. Uma variação de cerca de 17,2%.

Na época, a Aliansce Sonae propôs o pagamento de 265 milhões de ações ordinárias para a brMalls, que prontamente recusou afirmando que a oferta não era condizente com o valor real dos seus ativos.

Publicidade

Estratégia da Aliansce Sonae 

Para enfim conseguir com que a sua proposta fosse recomendada para aprovação pelo conselho da brMalls, a operadora de shoppings teve que adotar novas posturas além de simplesmente aumentar a parte financeira.

Publicidade


Em fevereiro, pouco mais de um mês depois de ter sua proposta recusada pelos acionistas da brMalls, a Aliansce comprou cerca de 5% das ações da concorrente na Bolsa de valores, totalizando mais de 41 milhões de ações ordinárias.

Publicidade

Publicidade

Posteriormente a administradora ainda fez uma nova aquisição que a tornou a maior acionista individual da brMalls ao lado do CPPIB, um fundo canadense, com quase 11% do capital.

Portfólio das empresas

O acordo entre a brMalls e a Aliansce Sonae tornará as empresas como a maior operadora de shopping centers na América Latina com mais de 60 estabelecimentos no portfólio.

Publicidade

A brMalls antes da fusão já administrava 31 shoppings no Brasil, localizados nas cinco regiões do país. O estado que possui mais empreendimentos comandados pela empresa é São Paulo, com nove ao todo. 

brMalls e Aliansce formarão maior empresa da América Latina /Fonte: TripAdvisor

Além dos shoppings no estado mais populoso do país, a brMalls também está presente com ao menos um estabelecimento nos seguintes estados: 

Publicidade

  • Amazonas, Espírito Santo, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rio Grande do Sul (1);
  • Goiás e Maranhão (2);
  • Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro (4)

Assim como a sua ex-concorrente, a Aliansce Sonae está presente em todas as regiões do país. No total, a empresa tem 37 shoppings no seu portfólio, divididos entre estabelecimentos que ela apenas administra e outros que ela também possui participação.

Apesar da divisão, a Aliansce tanto administra quanto participa em grande maioria dos empreendimentos. Dos 37 shopping centers, ela só não tem participação em 11 deles.

Assim como a brMalls, a Aliansce possui grande participação em shoppings no estado de São Paulo, no entanto, ao contrário da outra administradora, o seu portfólio apresenta outro estado como o que possui mais shoppings sob os seus domínios.


No Rio de Janeiro, a empresa tem 12 estabelecimentos, sendo que em seis deles ela apenas administra o local, sem ter qualquer participação nos lucros. Já em São Paulo a Aliansce tem nove shoppings.

A empresa ainda está presente em Minas Gerais, Espírito Santo, Distrito Federal, Goiás, Rio Grande do Sul, Bahia, Alagoas, Ceará, Pará, Amazonas e Paraná.

1T22 da brMalls

A operadora de shopping centers neste primeiro trimestre de 2022 registrou uma recuperação nas vendas em suas lojas, segundo dados preliminares divulgados no último dia 18.

Os principais destaques da companhia vieram de unidades das regiões Centro-Oeste e Sudeste do país.

Durante estes primeiros meses do ano, o conselho da brMalls registrou um aumento de 59% nas vendas com relação ao mesmo período de 2021, na comparação com 2019, antes da pandemia, o crescimento foi maior, 105%. Tendo março como o melhor mês.

Apesar do aumento nas vendas, a taxa de ocupação dos shoppings administrados pelo conselho da brMalls registrou queda de 0,3% no último trimestre do ano passado, no entanto, em comparação com o início de 2021, a ocupação subiu.

Publicidade