Ações da Omega (MEGA3) sobem após acordo com a Actis   

O acordo envolvendo a empresa britânica movimentou a quantia de R$ 770 milhões

Publicidade

Publicidade

Com o anúncio do negócio, nesta segunda-feira (27), as ações da companhia de energia renovável Omega Energia (MEGA3) dispararam no dia de hoje (28).

Além disso, a companhia também confirmou um acordo firmado por meio de uma subsidiária americana, prevendo o investimento potencial de até US$ 500 milhões em seus projetos.

Alta das ações da Omega

Publicidade

Anunciado na noite desta segunda-feira (27), o contrato firmado entre a Omega Energia e a companhia britânica de private equity Actis prevê a compra de, no mínimo, 10% das ações da energética brasileira.

Com a quantia unitária de R$ 10,18 por ação, o negócio vai movimentar a quantia de R$ 580 milhões.

Publicidade

Dessa maneira, no dia seguinte ao anúncio, as ações da Omega Energia dispararam, atingindo os R$ 12,10 às 10:40 horas (Horário de Brasília), abrindo o dia cotadas a R $11,78. A variação máxima, no entanto, foi registrada por volta das 11 horas, quando seus ativos subiram em 17%.

Publicidade

Companhia focada em energia renovável/Fonte: Divulgação – Omega Energia

Além disso, por volta das 14:15 horas, seu preço se estabilizou aos R$ 11,80. No dia do anúncio, no entanto, os papéis da Omega fecharam o pregão com uma alta de 1,49%.

Apesar das altas registradas nesta terça-feira, as ações da companhia energética brasileira ainda apresentam quedas a médio prazo. 

Publicidade

Publicidade


No período de seis meses, a desvalorização foi de 7,43%. Em um ano, seus papéis apresentaram uma ligeira valorização de 0,25%.

Publicidade

Em conjunto ao acordo firmado com a companhia britânica, a Omega também divulgou um contrato, firmado através de uma subsidiária americana. 

Envolvendo a aquisição dos direitos sobre um projeto eólico no Texas, com capacidade projetada de 531 MW (Megawatts),  o contrato também contempla a quantia de até US$ 500 milhões em projetos renováveis a serem desenvolvidos.

Publicidade

Acordo com a Actis

Apresentado em Fato Relevante na noite desta segunda-feira, a companhia de energia Omega anunciou o acordo com a Actis. De acordo com o documento, a britânica vai adquirir a quantia de até 10% das ações da Omega (equivalente à quantia de 56,9 milhões de papéis) no mercado secundário.

Além disso, também foi divulgado que a empresa brasileira pode exigir que a Actis subscreva um aumento de capital. Com um valor de até R$ 850 milhões, representando 15% do valor de mercado atual, a medida consideraria o preço de R$ 26,00 por ação e aconteceria entre outubro de 2022 e março de 2023.


No entanto, caso a companhia de private equity não consiga arcar com a compra de 10% dos ativos da Omega, ela terá a opção de adquirir a mesma quantia do acionista controlador da empresa de energia, a Tarpon, mas com as ações cotadas a R$ 13,50.

Sobre a negociação com o possível investidor norte-americano, referido como Sócio EUA no documento, a companhia afirma que “a efetivação das operações com o Sócio EUA está sujeita à conclusão da negociação dos documentos definitivos entre as partes”.

Omega Energia/Fonte: Reprodução

Em Fato Relevante, a Omega também destacou sua conferência com o mercado para sessão de perguntas e respostas, que deve ser realizada na próxima segunda-feira (04), às 10:00 horas (Horário de Brasília).

De acordo com os analistas do Bradesco BBI, o firmamento do acordo é positivo para a companhia. Segundo seus analistas, “tê-los como acionista [Actis] relevante poderia ajudar a aliviar o ruído após a fusão entre Omega Geração e Desenvolvimento”, além de elevar a percepção de governança corporativa da empresa.

O Banco de Investimentos do Bradesco destacou, ainda, sua recomendação neutra para as ações da Omega. O preço-alvo estabelecido pelo BBI é de R$ 13, valor 27% acima do fechamento do pregão do dia em que o fechamento do contrato foi divulgado.

Publicidade