Klaytn aprova nova regra de governança e token sobe até 100%

Publicidade

Publicidade

No último fim de semana, mais precisamente em 23 de outubro, a Klaytn, uma blockchain pública focada em metaverso e GameFi, anunciou uma proposta de governança para reduzir as recompensas dos seus blocos. Mais especificamente, a proposta corta 33% das recompensas.

De acordo com um comunicado oficial, as novas atualizações do terceiro trimestre enviadas ao Conselho de Governança Klaytn (GC) buscam otimizar o nível de emissão de tokens KLAY. Ou seja, o objetivo é cortar a emissão do token.

Publicidade


O corte de 33% visa trazer mais escassez para o ecossistema da Klatyn e deixar o token mais escasso. A votação ainda está em vigor e os resultados devem sair até a terça-feira (25).

Publicidade

A redução visa abordar a volatilidade atualmente vista nos macromercados, que levou ao colapso de vários projetos e à falência de várias empresas de criptomoedas.

Publicidade

“O cenário macroeconômico atual está causando uma volatilidade sem precedentes nos mercados de criptomoedas. Por isso, o nível atual de emissões de tokens não é o ideal para facilitar o valor acumulado para a KLAY”, diz a proposta.

O que acontece com a aprovação da proposta da Klaytn?

Segundo a proposta, o objetivo é fazer o corte de recompensa e otimizar a distribuição de novos KLAY. No primeiro caso, o corte reduziria as recompensas de 9,6 KLAY para 6,4 KLAY.

Publicidade

Publicidade

Por outro lado, o projeto altera a distribuição dos tokens. Do total, 50% passa a ir para o GC, 40% para o Klaytn Growth Fund (KGF) e 10% para a Klaytn Improvement Reserve.

De acordo com a equipe, o cálculo da proposta levou em conta a circulação atual dos tokens em relação a sua demanda.

Publicidade

A equipe espera reduzir a inflação do KLAY, tornando-o mais atraente para novos investidores e aumentando sua competitividade.

Em 20 de outubro, a Phemex, uma exchange de criptomoedas com sede em Cingapura, anunciou a listagem do par KLAY/USDT no mercado à vista.

Publicidade

No dia seguinte, o token se valorizou 26%, saindo da mínima histórica de US$ 0,12 para US$ 0,15.

KLAY sobe mais de 100%

Como resultado das mudanças, o KLAY chegou a se valorizar 106% no início da segunda-feira, saindo de US$ 0,1387 para um pico de US$ 0,2865.

O movimento perdeu força ao longo da manhã, mas ainda assim o token se valoriza 24,8% no momento da escrita deste texto.

Embora a proposta ainda não tenha sido aprovada, o aumento de preço é um bom sinal de aceitação e otimismo por parte da comunidade.


O movimento também serve para amenizar um pouco a correção do token, que perdeu 97% de seu valor em relação à sua máxima histórica de US$ 4,40.

Por isso, a Klaytn indicou que a melhor forma de recuperar a economia do projeto é “ajustar a quantidade de KLAY emitida”, levando em consideração a demanda atual do mercado e as necessidades atuais de crescimento do ecossistema.

Disseram ainda que a medida, que reduz a oferta a 66% das recompensas atuais, ajudaria a implementar novas propostas e mecanismos de consenso que sejam mais benéficos para o projeto no futuro.

Publicidade