Inverno Cripto está prejudicando anúncios, afirma Google

Publicidade

Publicidade

A desaceleração do mercado de ativos digitais que iniciou o atual inverno cripto está afetando negativamente os gastos com publicidade, reconheceu o Google.

O crescimento de anúncios no terceiro trimestre caiu para uma baixa vista apenas uma vez em quase uma década, revelou a empresa de tecnologia nesta semana.

Publicidade

Durante a teleconferência de resultados da empresa, o diretor de negócios do Google, Philipp Schindler, admitiu ter testemunhado uma redução nos gastos com pesquisa durante o terceiro trimestre e elaborou:

“Por exemplo, em serviços financeiros, vimos um recuo nas subcategorias de seguros, empréstimos, hipotecas e criptomoedas.”

Publicidade

Em relatório citando o executivo, a CNBC observou que com um crescimento geral de anúncios de 6%, o período de três meses foi o mais fraco do Google entre todos os trimestres desde 2013.

Publicidade


A receita de anúncios do Youtube também encolheu anualmente, com o CEO do Google, Sundar Pichai, referindo-se ao impacto desafiador do macroclima no negócio de anúncios.

Publicidade

Publicidade

As principais criptomoedas como Bitcoin e Ethereum perderam quase 60% de seu valor em 2022, em comparação com seus máximos de todos os tempos.

Desde então, a indústria viu uma série de falências de fundos de hedge e credores, incluindo Celsius Network, Voyager Digital e Three Arrows Capital.

Publicidade

A principal exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase, cortou sua força de trabalho em 18% e suas ações caíram 70% este ano, depois que a empresa abriu seu capital em 2021.

O Google anunciou uma parceria com a plataforma de negociação de criptomoedas no terceiro trimestre deste ano.

Publicidade

No início de outubro, o Google revelou que contará com a Coinbase para permitir que os clientes paguem por seus serviços em nuvem com criptomoedas em 2023.

*Com Criptonizando

Publicidade