Fundadora da OneCoin entra na lista de mais procurados do FBI

Publicidade

Publicidade

O Federal Bureau of Investigation (FBI) adicionou Ruja Ignatova, também conhecida como “Crypto Queen”, fundadora do infame esquema Ponzi OneCoin, à sua lista de “Dez fugitivos mais procurados”.

O FBI anunciou a adição de Ruja Ignatova à lista em um comunicado de imprensa na quinta-feira (30 de junho de 2022).

Publicidade

O FBI está oferecendo uma recompensa de US$ 100.000 a qualquer pessoa com “informações que levem à prisão dela”.


Publicidade

A Crypto Queen, como Ignatova se chamava, é procurada nos Estados Unidos por administrar um esquema Ponzi chamado OneCoin, estabelecido em 2014, que ela usou para fraudar investidores em todo o mundo em cerca de US$ 4 bilhões.

Publicidade

De acordo com o comunicado de imprensa, Ignatova supostamente fez declarações e representações falsas para fazer com que os indivíduos investissem no projeto.

Em 2017, o Distrito Sul de Nova York emitiu um mandado de prisão de Ignatova após seu desaparecimento, com uma acusação substitutiva no final de fevereiro de 2018.

Publicidade

Publicidade

A fundadora da OneCoin é acusada de conspiração para cometer fraude eletrônica, conspiração para cometer fraude de valores mobiliários, fraude eletrônica, fraude de valores mobiliários e conspiração para cometer lavagem de dinheiro.

A última localização conhecida de Ignatova foi Atenas, Grécia, em outubro de 2017, tendo viajado da Bulgária.

Publicidade

As autoridades dizem que ela “pode viajar com passaporte alemão para os Emirados Árabes Unidos, Bulgária, Alemanha, Rússia, Grécia e/ou Europa Oriental”.

Enquanto a Crypto Queen continua foragida, seu irmão Konstantin Ignatov foi preso em 2019 e se declarou culpado de fraude e acusações de lavagem de dinheiro.

Publicidade

O mais recente desenvolvimento ocorreu logo após a Europol incluir Ignatova em sua lista de fugitivos mais procurados em maio de 2022, oferecendo uma recompensa de € 5.000 para revelar seu paradeiro.

Um dos marketings utilizados para a divulgação do projeto era que ele iria ultrapassar o Bitcoin, chamando-o de “Bitcoin Killer”.

Bitcoin

Mas apesar das narrativas, o bitcoin segue sendo líder indiscutível no mercado.


Muitos dos projetos lançados no boom dos ICOs em 2017 não existem mais, como é o caso da Bitconect e uma série de outros tokens.

O bitcoin é negociado em cerca de US$ 19 mil, com queda de 0,09% nas últimas 24 horas.

*Com Criptonizando

Publicidade