Fed ainda não tem planos para lançar uma moeda digital

Publicidade

Publicidade

Na última terça-feira (5), executivos do Federal Reserve (Fed) se reuniram em uma conferência para discutir o papel internacional do dólar no momento atual.

Além disso, entre os temas em pauta durante o encontro estava o dos ativos digitais.

Publicidade

Nesse sentido, os Estados Unidos querem entender de que forma se beneficiariam com a criação de um Central Bank Digital Currency (CBDC).


Publicidade

No entanto, até o fim do evento, nenhum avanço importante foi dado em direção ao lançamento de uma moeda digital pelo país.

Publicidade

Após a conferência, o Fed publicou um comunicado afirmando que a tecnologia por si só não levaria a mudanças drásticas no ecossistema global de moedas.

“Os participantes do painel não expressaram ameaças materiais aos papéis internacionais do dólar decorrentes dos ativos digitais.”

Publicidade

Publicidade

O comunicado ainda dizia que “os ativos digitais poderiam realmente reforçar esses papéis no médio prazo se novos conjuntos de serviços fossem estruturados em torno desses ativos atrelados ao dólar”.

O que é um CBDC?

Um CBDC é uma versão digital, emitida pelo banco central, da moeda fiduciária de um estado.

Publicidade

Basicamente, uma Central Bank Digital Currency é uma criptomoeda “oficial”, baseada na mesma moeda de um governo.

Diferentemente de criptomoedas como o bitcoin e ethereum, tais ativos estatais são super centralizados.

Publicidade

Embora grande parte das transações financeiras de um país sejam feitas de forma digital, elas são apenas trocas de dados interbancários.

Com a criação de um CBDC, o banco central passa a ser o seu emissor, assim como é com as notas em espécie impressas.

Atualmente, a China tem ganhado destaque nessa área com o lançamento de sua moeda e carteira digital próprias.


O Central Bank Digital Currency chinês, lançado em janeiro deste ano, ainda está em fase de testes.

Em 29 de abril, o Banco Popular da China, nome do banco central do país asiático, realizou um teste com sua moeda digital estatal.

De acordo com informações do Global Times, principal portal de notícias chinês, o governo do distrito de Futian, em Shenzhen, distribuiu 15 milhões de yuans digitais à população. A quantia gira em torno de US $2,27 milhões.

*Com Criptonizando

Publicidade