Exército brasileiro vai utilizar metaverso em treinamentos

Publicidade

Publicidade

Exército brasileiro participou da Conferência da ONU voltada para avaliar o emprego da Polícia das Nações Unidas (UNPOL) em Missões de Paz. Durante o evento, um dos temas discutidos nos 3 dias de conteúdo foi o uso do metaverso em treinamentos militares.

A III United Nation Chief of Police Summit (UNCOPS) contou com a participação de representantes do Comando de Operações Terrestres (COTER) brasileiro. A conferência aconteceu entre os dias 31 de agosto a 2 de setembro, no prédio da ONU, localizado em Nova Iorque, EUA.

Publicidade


As Forças Armadas brasileiras vem testando diversas tecnologias em suas atividades, e entre as tecnologias emergentes inclui-se também o blockchain. Aliás, reforçando esse caminho, o Ministro do STF, Alexandre de Morais, em decisão de 2021, pede o registro em blockchain das armas adquiridas em território brasileiro.

Publicidade

Dessa forma, fica claro que as novas tecnologias já chegaram ao setor militar brasileiro, que busca alternativas para melhorar suas atividades.

Publicidade

Treinamentos no metaverso para o Exército brasileiro

A Conferência, que contou com oficiais militares brasileiros, teve por finalidades avaliar o emprego da Polícia das Nações Unidas (UNPOL) em Missões de Paz.

Ademais, houve a propagação dos resultados obtidos através das ações Action for Peacekeeping (A4P) e Action for Peacekeeping Plus (A4P+), como também apresentar metas futuras para o incremento da participação policial.

Publicidade

Publicidade

Entretanto, a atividade realizada na sede da ONU também destacou o emprego de novas tecnologias para a preparação dos UNPOL. Nesse sentido, a construção de cenários para treinamento policial através de metaverso foi abordado.

Além disso, as capacidades e mentalidades requeridas para superar os gaps do emprego policial nas missões de campo tiveram seu lugar. A inclusão destes temas pode ajudar a atividade policial das Nações Unidas, que conta com o exército brasileiro como um importante aliado.

Publicidade


Enquanto o conteúdo movimenta a possibilidade de treinamentos militares no metaverso, o que está alinhado com o caminho de adoção de novas tecnologias por parte do Exército do Brasil.

Publicidade

Comitiva brasileira conta com Embaixador do Brasil reafirmando compromisso do país com a paz
Fizeram parte da comitiva brasileira, além de membros do exército, Coronel EB Fábio Carballo de Souza, Chefe da IGPM, Coronel EB Antonio Airton Rocha Pontes, Assessor do Conselheiro Militar da Missão Permanente do Brasil na ONU, em Nova Iorque, Coronel QOPM Rodrigo de Souza Rodrigues entre outros.

Nesse sentido, a comitiva geral para a conferência foi recepcionada pelo Embaixador Ronaldo Costa Filho, Representante Permanente do Brasil junto às nações unidas. Como também fez parte Adido Militar, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Luiz Fernando de Aguiar, Conselheiro Militar na MPBONU.

Com o discurso alinhado aos propósitos da ONU, a participação do grupo na Conferência reafirma o compromisso brasileiro para a manutenção da paz mundial, por intermédio da participação em missões de paz.

*Com Criptonizando

Publicidade

O melhor conteúdo de negócios e economia no Brasil, de graça para você.

Cadastre-se para ter acesso a este conteúdo, é totalmente de graça!

Ao se cadastrar, você concorda com o compartilhamento de seus dados com a Estoa, e com os Termos de Uso , incluindo o uso de cookies e o envio de comunicações