Dirigente do Fed vê expansão menor da economia dos EUA, mas não uma recessão

Publicidade

Publicidade

Presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de São Francisco, Mary Daly afirmou nesta terça-feira, 28, que projeta crescimento menor na economia dos Estados Unidos, mas não uma recessão.

Durante evento do LinkedIn News, a dirigente comentou o esforço do Fed para apertar a política monetária e controlar a inflação elevada atual, levando-a de volta à meta de 2% do banco central.

Publicidade


Sem direito a voto nas decisões de política monetária neste ano, Daly notou que o Fed está elevando os juros “em uma economia com bastante impulso”, o que ajuda na tentativa de conseguir um “pouso suave” na economia dos EUA.

Publicidade

Ela disse projetar que o crescimento no país possa ficar abaixo de 2%, sem citar períodos para isso, e também previu uma “alta modesta” no desemprego, mas também a partir de um quadro atual bastante positivo.

Publicidade

Daly disse que o Fed pode lidar “ao menos parcialmente” com a inflação, contendo a demanda.

Segundo ela, a demanda seria atualmente “cerca de metade da causa” da inflação neste momento.

Publicidade

Publicidade

A dirigente também disse que há dificuldades do lado da oferta, causadas por questões como a covid-19 e seus efeitos e a guerra na Ucrânia.

*Com Estadão Conteúdo

Publicidade

Publicidade