Confira quais foram os 12 governadores eleitos no 2º turno neste domingo

Eleitores foram às urnas escolher candidatos que governarão nos próximos quatro anos

Publicidade

Publicidade

Neste domingo (30), foi encerrado o segundo turno das eleições no Brasil. No início de outubro os cargos de senadores, deputados federais e estaduais já haviam sido preenchidos após o primeiro turno, além dos governadores de 15 estados.

Porém a disputa se estendeu para o segundo turno para a escolha de presidente em uma disputa entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Messias Bolsonaro (PL), que acabou com a vitória do petista, que totalizou 50,9% dos votos válidos. Além disso, o 2º turno ainda elegeu governadores em 12 estados, sendo que 5 foram reeleitos.

Publicidade


Governadores eleitos por região

Região Norte 

Para as eleições no segundo turno, somente dois estados da região norte tiveram que escolher o seu representante neste domingo. Eleitores do Amazonas e de Rondônia voltaram às urnas para definir quem irá comandá-los pelos próximos quatro anos. Os estados do Acre, Amapá, Pará, Roraima e Tocantins já haviam escolhido os governadores no primeiro turno.

Publicidade

No estado do Amazonas, o governo Wilson Lima, do União Brasil, foi reeleito para o segundo mandato e irá continuar no cargo por mais quatro anos. O candidato apoiado por Jair Bolsonaro venceu a disputa com o ex-governador do estado Eduardo Braga (MDB) por 56,66% contra 43,34% dos votos válidos

Publicidade

Em Rondônia, o governador eleito também foi do União Brasil, o atual comandante Coronel Marcos Rocha foi reeleito para mais um mandato à frente do estado em uma disputa contra o senador Marcos Rogério (PL). Em uma eleição que foi decidida com uma diferença de menos de 44 mil votos, o governador foi reeleito com 52,47% dos votos válidos.

Região Nordeste

Neste segundo turno, a região Nordeste elegeu cinco candidatos, em disputas que foram marcadas por duas viradas com relação ao primeiro turno e duas reeleições. No estado de Alagoas, o atual governador Paulo Dantas (MDB) que tinha apoio de Lula foi reeleito com 52,33% dos votos válidos em uma disputa contra Rodrigo Cunha (União Brasil).

Publicidade

Publicidade

Já na Paraíba, mais uma reeleição. João Azevêdo (PSB) somou 52,51% e foi reeleito para o segundo mandato após derrotar o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB). Na Bahia, a tradição de eleger governadores do PT foi mantida com a vitória de Jerônimo Rodrigues contra ACM Neto (União Brasil). O petista teve 52,79% dos votos, enquanto o candidato apoiado por Bolsonaro somou 47,21%.

Confira quais foram os 12 governadores eleitos no 2º turno neste domingo
Marília Arraes (Solidariedade) e Raquel Lyra vieram de disputa acirrada no 1º turno /Foto: Reprodução

Nos estados de Pernambuco e Sergipe tiveram viradas com relação ao primeiro turno. Em Pernambuco, após uma disputa acirrada no primeiro turno que terminou com Marília Arraes (Solidariedade) na frente de Raquel Lyra (PSDB), neste domingo o cenário foi bem diferente, com Lyra sendo eleita com 58,70% dos votos, contra 41,30% da candidata apoiada por Lula.

Publicidade

Já no Sergipe, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) foi eleito governador após virar a disputa contra o petista Rogério Carvalho que liderou o primeiro turno. Em uma disputa apertada, Mitidieri totalizou neste domingo 51,70% dos votos contra 48,30% de Carvalho.

Região Centro-Oeste

Neste segundo turno, somente os eleitores do Mato Grosso do Sul tiveram que escolher o seu governador para os próximos quatro anos. Em uma disputa entre Eduardo Riedel (PSDB) e Capitão Contar (PRTB), Riedel foi eleito após ficar em segundo no primeiro turno.

Publicidade

Em uma disputa que teve uma diferença inferior a 200 mil votos, o candidato do PSDB somou 56,90% dos votos contra 43,10% de Capitão Contar, que liderou a disputa no início de outubro.

Região Sudeste

Na região mais populosa do país, dois estados escolheram os seus governantes para os próximos quatro anos neste domingo. O Espírito Santo reelegeu o atual governador Renato Casagrande (PSB) com 53,80% em uma disputa contra Carlos Manato (PL). O candidato foi o único da região a ser eleito sem o apoio de Jair Bolsonaro.

Já em São Paulo, o cenário se manteve igual ao primeiro turno e deu a vitória a Tarcísio de Freitas (Republicanos) contra o ex-prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad (PT). Com uma larga vantagem, o candidato apoiado por Bolsonaro venceu com 55,27% dos votos e será o próximo governador.

Região Sul 

Neste domingo, a região Sul, que já havia escolhido o governador do Paraná com uma ampla margem sob o segundo colocado, elegeu dois candidatos que também tiveram larga vantagem sobre os oponentes neste segundo turno. Em Santa Catarina, o candidato apoiado por Bolsonaro, Jorginho Mello (PL), foi eleito com 70,69% dos votos contra o petista Décio Lima, que somou 29,31% dos votos válidos.

Confira quais foram os 12 governadores eleitos no 2º turno neste domingo
Onyx Lorenzoni (PL) e Eduardo Leite (PSDB) protagonizaram uma das 4 viradas no 2º turno /Foto: Reprodução

O cenário no Rio Grande do Sul foi mais complexo. Após renunciar ao cargo de governador em março visando concorrer à presidência, Eduardo Leite (PSDB) desistiu da candidatura e pleiteou a sua volta ao governo gaúcho. No primeiro turno, no entanto, teve 26,81% dos votos e ficou atrás de Onyx Lorenzoni (PL), candidato apoiado por Bolsonaro.

Neste segundo turno, o ex-governador venceu a disputa contra Lorenzoni com uma larga vantagem de quase 1 milhão de votos, totalizando 57,12% dos votos válidos, contra 42,88% de Onyx Lorenzoni.

Publicidade