Confira as 5 principais notícias que movimentam o mercado no Brasil e no mundo

Candidatura de Trump, ataque à Polônia e Lula na COP 27 são destaques nesta quarta-feira

Publicidade

Publicidade

Entre os principais destaques que movimentam o mercado nesta quarta-feira está a participação do presidente eleito Lula (PT), na conferência mundial da ONU sobre o clima, a COP 27. Ao longo do dia o petista fará uma série de discursos no evento sediado no Egito. 

No evento “Carta da Amazônia – uma agenda comum para a transição climática”, ao lado de governadores da Amazônia Legal, Lula afirmou durante seu discurso que “agora o Brasil está de volta ao mundo” e que pedirá ao secretário-geral da ONU para que em 2025, a COP 30 seja sediada no Amazonas.

Publicidade


2. Donald Trump anuncia candidatura à presidência dos EUA

No exterior, o mercado reage ao anúncio feito pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nesta terça-feira em um salão da sua casa na Flórida para centenas de apoiadores, onde afirmou que concorrerá novamente ao cargo em 2024 contra o democrata e atual presidente Joe Biden.

Publicidade

Se confirmada, essa será a terceira candidatura do republicano que foi eleito em 2016, mas foi derrotado por Biden em 2020. O anúncio vem logo após os resultados das eleições de meio de mandato, que poderiam dar ainda mais força para o pleito de Trump, no entanto, as midterms acabaram com números favoráveis aos democratas, que mantiveram a maioria no Senado.

Publicidade

3. Repercussões de míssil lançado na Polônia

Outro motivo de preocupação para o mercado internacional nesta quarta-feira é o ataque sofrido pela Polônia nesta terça-feira. Duas pessoas morreram após o país ser atingido por um míssil ontem a tarde. Por ser um país pertencente à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), houve preocupações de que outros integrantes contra-atacassem em defesa.

No entanto, após afirmar que o míssil de fabricação russa tinha sido lançado pelo país comandado por Vladimir Putin, o presidente da Polônia, Andrzej Duda, disse nesta quarta-feira que a possibilidade mais real agora é de que o disparo tenha vindo da Ucrânia por um erro de trajetória ucraniana. A versão também foi confirmada por Joe Biden e de acordo com a AFP, a Rússia prontamente negou a autoria.

Publicidade

Publicidade

4. Nubank tem receita recorde no 3T22

Após divulgar o seu resultado trimestral na última segunda-feira (14), o Nubank superou as expectativas de analistas do mercado e reverteu o prejuízo do 3T21 registrando um lucro líquido de US$ 7,8 milhões no período de julho a setembro deste ano. Esta foi a primeira vez em que o banco digital fecha um trimestre com resultado positivo após IPO.

Com crescimento da carteira de crédito para US$ 9,7 bilhões, um aumento de 83% na comparação anual e na base de clientes, que chegou aos 70 milhões, o Nubank registrou uma receita recorde neste trimestre, dando um salto de 171%, para US$ 1,3 bilhão.

Publicidade

Confira as 5 principais notícias que movimentam o mercado no Brasil e no mundo
Amazon planeja demitir 10 mil funcionários /Foto: Sundry Photography

5. Amazon se prepara para corte em massa

As big techs norte-americanas continuam com a sua onda de demissões em massa logo após a divulgação dos resultados trimestrais das companhias. Pouco mais de uma semana depois da Meta, dona do Facebook e Instagram, anunciar um corte recorde, de mais de 11 mil pessoas, foi a vez da Amazon.

A companhia de Jeff Bezos deverá demitir cerca de 10 mil funcionários ao longo desta semana nos seus escritórios de todo o mundo. Em meio a uma diminuição do faturamento, a Amazon comunicou aos seus funcionários que eles terão dois meses para se realocarem outras funções da empresa, caso contrário, a companhia arcará com os benefícios em virtude da demissão.

Publicidade

Publicidade