Confira as 5 principais notícias do Brasil e do mundo nesta sexta-feira

Definição de primeiros ministros e IPCA de novembro são destaques

Publicidade

Publicidade

Nesta sexta-feira (9), as atenções no Brasil estão divididas entre diversos assuntos, principalmente pelo jogo do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo do Catar contra a Croácia. No entanto, os olhares estarão voltados nesta manhã para a coletiva do presidente eleito Lula (PT) no Centro Cultural Banco do Brasil, onde ele deverá anunciar os seus primeiros ministros.

Entre os nomes que devem ser anunciados no CCBB estão: o ex-ministro Fernando Haddad (PT), na Fazenda, Rui Costa (PT), na Casa Civil, Flávio Dino (PSB), na Justiça e Segurança Pública, e José Múcio Monteiro, na Defesa. 

Publicidade


Em reunião entre o possível futuro ministro da Defesa e presidente Lula foram definidos os nomes que assumirão as Forças Armadas, a estratégia foi nomear os oficiais mais antigos de casa, são eles: o general Julio Cesar de Arruda, no exército; o almirante Marcos Sampaio Olsen, na Marinha e o brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno, na Aeronáutica.

Publicidade

2. IPCA tem alta mensal abaixo das expectativas

Outra divulgação com destaque na manhã desta sexta-feira é do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O indicador responsável por marcar a inflação do país apresentou uma alta de 0,41% em novembro, abaixo das expectativas de analistas que previam um aumento de 0,53%.

Publicidade

Com esse segundo avanço seguido no IPCA, o índice chegou a uma inflação acumulada de 5,90% em 12 meses até novembro. Com isso, aumentou ainda mais a possibilidade do Brasil extrapolar a meta de inflação pelo segundo ano consecutivo, que era de 3,5%, com margem de tolerância de até 5%.

3. Bolsa atinge menor nível desde agosto

Um dia depois que a PEC da Transição foi aprovada em votação no Plenário do Senado, a bolsa de valores brasileira (B3) fechou novamente em queda e dessa vez atingiu o menor nível desde agosto. Outro ponto que pesou na Bolsa foi a divulgação da taxa Selic na última quarta-feira.

Publicidade

Publicidade

O índice Bovespa encerrou o pregão nos 107.249 pontos, com uma queda de 1,67%. Esse foi o menor nível desde 5 de agosto. Ainda com os efeitos da manutenção da Selic em 13,75%, as ações que mais caíram foram as de bancos privados e as da Petrobras.

4. MEC consegue liberação de verba para bolsistas

No final da tarde desta quinta-feira, o Ministério da Economia conseguiu a liberação de parte da verba destinada para o pagamento de bolsistas. De acordo com o ministro da Educação, Victor Godoy, o MEC obteve a liberação de R$ 460 milhões após negociações com o governo federal, Ministério da Economia e a Casa Civil.

Publicidade

O montante, no entanto, representa somente um terço do total de R$ 1,36 bilhão que foi bloqueado da pasta. Com o valor, os 200 mil bolsistas da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) de mestrado, doutorado e pós-doutorado poderão ser pagos novamente.

5. PPI será divulgado nos EUA

A manhã também é de divulgação nos Estados Unidos. O mercado está na expectativa para os números do Índice de Preço ao Produtor (PPI), que deve apresentar uma queda no comparativo anual.

Publicidade

Caso as expectativas se confirmem nesta manhã, a economia americana terá uma queda de 8% para 7,2% no PPI e chegará ao menor patamar para o índice que mede a variação nos preços médios recebidos pelos produtores nacionais de bens e serviços, desde julho de 2021.

Publicidade