Confira as 5 principais notícias do Brasil e do mundo nesta quinta-feira

Último dia de Lula na COP27 e inflação no Reino Unido são destaques

Publicidade

Publicidade

O dia começa movimentado no Brasil e no mundo nesta quinta-feira (17), com destaque para o último dia do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na Conferência Climática da ONU, a COP27, que ocorre no Egito. Após participar de alguns painéis do evento ontem, o futuro presidente voltou ao centro das atenções na manhã de hoje.

Durante a sua participação nesta manhã, Lula criticou novamente o teto de gastos e defendeu que sejam estabelecidas certas metas de crescimento para o país. Focado no discurso de resolver problemas sociais, o petista foi incisivo ao criticar o teto e afirmou, “não adianta só pensar em responsabilidade fiscal, temos de pensar em responsabilidade social”.

Publicidade


Outro alvo do futuro presidente foi o mercado financeiro. “Vai aumentar o dólar e cair a Bolsa? Paciência”, disse Lula ao criticar o fato desses acontecimentos não ocorrerem por causa de pessoas sérias, mas sim de especuladores.

Publicidade

2. Texto prévio da PEC da Transição é entregue

Nesta quarta-feira, o vice-presidente eleito e coordenador da equipe de transição, Geraldo Alckmin, entregou ao Congresso o texto prévio da PEC da Transição. A proposta que vinha sendo elaborada há dias pela equipe do governo Lula prevê a possibilidade de gastar além do teto de gastos para cumprir com as promessas de campanha e garantir benefícios à população.

Publicidade

Entre os principais pontos que o texto sugere, está o pagamento do Bolsa Família no valor de R$ 600 a partir de janeiro, mais R$ 150 para cada criança de até 6 anos. Para arcar com os custos do benefício que no Orçamento estava previsto que fosse de R$ 405, o governo deverá gastar quase R$ 200 bilhões.

3. Inflação reino unido bate recorde

O Reino Unido continua atravessando um momento de inflação acima dos padrões e deve ver a sua economia desacelerar ainda mais nos próximos meses. Nesta quarta-feira foi divulgado o Índice de Preços ao Consumidor (CPI), que mostra o nível de inflação do país. Nos 12 meses até outubro, a inflação britânica chegou a 11,1%. Em setembro o número era de 10,1%.

Publicidade

Publicidade

Confira as 5 principais notícias do Brasil e do mundo nesta quinta-feira
Inflação no Reino Unido é a maior em 41 anos /Foto: Reprodução

Esse aumento acima das expectativas, que davam conta de que o CPI ficaria em 10,7%, marca a maior inflação do Reino Unido desde outubro de 1981. A principal influência para esse avanço foram os aumentos nas contas de energia e os preços dos alimentos.

4. Pagamentos do Auxílio Brasil

A partir de hoje, os beneficiários do Auxílio Brasil começarão a receber as suas parcelas referentes ao mês de novembro. O pagamento que até o final do ano foi estabelecido em R$ 600 pelo presidente Jair Bolsonaro, será pago até o dia 30.

Publicidade

O pagamento é feito por grupos e vão de acordo com o número final do NIS (Número de Identificação Social), hoje somente beneficiários com NIS final 1 serão pagos. A partir do próximo ano, a tendência é que o Auxílio Brasil – que voltará a ser chamado de Bolsa Família – continue no mesmo valor e ainda tenha um adicional de R$ 150 para cada criança de até 6 anos.

5. Inflação da zona do euro se mantém em nível recorde

Na manhã desta quinta-feira, foi divulgado o Índice de Preços ao Consumidor da zona do euro. Os dados mostram que a inflação para os países que compartilham do euro continua elevada em virtude dos aumentos nos preços de energia.

Publicidade

Na comparação com o mês de setembro, a inflação na zona do euro subiu cerca de 1,5% em outubro, chegando a um aumento de 10,6% no comparativo anual. O aumento foi levemente abaixo do esperado, que era de 10,7%.

Publicidade