Confira as 5 principais notícias do Brasil e do mundo nesta quarta-feira

Balanços, eleições nos EUA e encontro de Lula são destaques

Publicidade

Publicidade

Entre as principais notícias da manhã desta quarta-feira (9), está a repercussão das eleições de meio de mandato nos Estados Unidos. As midterms, como são chamadas, servem para eleger novos nomes para as cadeiras da Câmara e do Senado norte-americano. 

As expectativas antes do começo da apuração davam conta de que essas eleições causariam um enfraquecimento no mandato do presidente Joe Biden, devido a uma grande perda de cadeiras do partido democrata. 

Publicidade


No entanto, até esta manhã, das 371 de 435 cadeiras da Câmara que já foram ocupadas, 199 delas são de Republicanos e 172 dos Democratas. Já no Senado, a disputa está mais acirrada, com diferença de apenas uma cadeira para os Republicanos (47 a 46).

Publicidade

2. Lula encontrará líderes do Congresso

Nesta quarta-feira, é esperado em Brasília, que o presidente eleito Lula (PT) participe de reuniões com as principais lideranças do Congresso Nacional. Segundo a agenda, ele deverá se encontrar com o presidente da Câmara, Arthur Lira, hoje às 10h na residência oficial do parlamentar, e por volta das 13h irá até a residência oficial do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Publicidade

Entre os principais temas que serão abordados nas reuniões está a PEC da Transição, que permitirá gastos além do Orçamento de 2023, para que possa garantir o pagamento do Auxílio Brasil de R$ 600 no ano que vem. 

3. Forças Armadas divulgam relatório sobre urnas

Será entregue nesta quarta-feira, o relatório elaborado pelos militares das Forças Armadas para atestar a lisura do processo eleitoral e das urnas eletrônicas. A auditoria deveria ser entregue após o primeiro turno das eleições após determinação do Presidente do TSE, Alexandre de Moraes, mas foi adiada para agora.

Publicidade

Publicidade

O relatório que será entregue ao TSE, deverá comprovar que não ocorreram fraudes no processo eleitoral, porém de acordo com informações que estão circulando entre militares, o documento questionará certas inconsistências em algumas urnas, o que pode abrir espaço para contestação dos manifestantes e do próprio presidente Jair Bolsonaro.

4. Semana de balanços continua com grandes bancos

Nesta terça-feira, dando sequência a semana mais intensa da temporada de balanços, os resultados trimestrais de diversas empresas listadas na B3 foram divulgados. O Inter (INTR31) foi um dos bancos que divulgou ontem e teve um prejuízo de quase R$ 30 milhões, com influência direta da deflação no 3T22. No ano passado, o banco digital teve um lucro de R$ 34,3 milhões.

Publicidade

Já o Bradesco (BBDC4) anunciou que entre os meses de julho e setembro registrou um lucro líquido contábil de R$ 5,2 bilhões, significando uma queda superior a 21% na comparação anual e 26,3% em relação ao 2T22. Além disso, os dados de inadimplência aumentaram para 3,9% no terceiro trimestre.

Confira as 5 principais notícias do Brasil e do mundo nesta quarta-feira
Meta demite em massa pela primeira vez /Foto: Reprodução

5. Meta confirma demissão de 11 mil funcionários

As previsões do início da semana para a Meta (M1TA34) se cumpriram nesta quarta-feira e a empresa anunciou durante a manhã uma demissão em massa. Ao todo, 11 mil funcionários, ou 13% da empresa, foram comunicados da decisão. 

Publicidade

Em meio a uma crise devido a queda nos resultados, o dono da empresa, Mark Zuckerberg se viu obrigado a promover o primeiro corte desse nível desde a fundação da empresa. Nas primeiras declarações após a decisão, Zuckerberg se responsabilizou e admitiu que acelerou investimentos mais do que devia após o crescimento na pandemia.

Publicidade