Quais os primeiros passos para começar a investir?

Publicidade

Publicidade

Tenho conversado com milhares de pessoas que nunca pararam para cuidar melhor de suas finanças pessoais e ao ouvirem falar sobre investimentos ficam simplesmente fascinadas.

É o tipo de assunto que deveria ser abordado nas escolas, faculdades em cursos superiores e especializações para que cada pessoa tivesse a oportunidade de controlar melhor seus gastos, investir melhor seu dinheiro e consequentemente multiplicá-lo.

Publicidade

E por tanto fascínio neste assunto resolvi escrever sobre como você pode dar os primeiros passos para colocar seu dinheiro para trabalhar por você.

A primeira coisa a cosa a ser feita é organizar a casa. Você precisa ter o controle e conhecimento do dinheiro que entra e que sai da sua casa. Isso pode ser feito através de uma planilha em excel, uma folha de papel e até mesmo por aplicativos. Não há desculpas para não fazer. Se você é uma pessoa endividada o assunto fica ainda mais sério e um bom planejamento deve ser feito para ontem.

Publicidade


Publicidade

Resolvido este primeiro passo é hora de entender quais sãos seus objetivos para com o dinheiro. Lembre-se de quem deve mandar em quem. Você manda no seu dinheiro ou é ele quem manda em você? Para isso escreva seus objetivos e coloque um prazo para conquistá-los. Sem objetivos e prazos você terá sonhos que provavelmente serão apenas sonhos. Feito isso, siga para o próximo passo: investir em conhecimento.

O que é investir?

Ao contrário do que muita gente pensa, investir não significa apenas comprar ações na bolsa de valores. Investir é você se sacrificar no presente para alcançar objetivos futuros. E este sacrifício no início resume-se a tempo para aprender a fazer da forma correta e segura. Leia bons livros e artigos, veja vídeos e documentários sobre o assunto, inscreva-se em cursos e procure aprender sobre diversos tipos de investimentos para tomar melhores decisões.

Publicidade

Publicidade

Dito isso, você precisará de uma corretora de valores para ter acesso á diversos investimentos. Dê preferência por corretoras que não cobrem taxas e que sejam regulamentadas. Ao escolher a corretora, abra sua conta nela para que possa transferir dinheiro e investir. O processo de abertura de conta na corretora é muito semelhante à abertura de conta em um banco digital. Você faz tudo pelo celular ou pelo computador.

Com estes simples , porém importantes passos, você terá em mãos o acesso a um mundo cheio de possibilidades que abrirão as portas para uma vida muito mais próspera. Terá acesso a investimentos em renda fixa e renda variável e poderá colocar de fato seu dinheiro para trabalhar por você, mostrando para ele quem manda em quem.

Publicidade

O mais importante de todo este processo inicial é a busca por conhecimento. Conhecimento que mandará embora o medo de investir deixando lugar para novas oportunidades de gerar renda passiva ( que não exige o seu trabalho direto) e trazer mais conforto, qualidade de vida, segurança financeira e tranquilidade.

E para concluir preciso te dizer que você não deve confundir investimento com dinheiro fácil. Investir no mercado financeiro é muito simples porém não é fácil. Requer disciplina, determinação, paciência e aprendizado constante. Se você não estiver comprometido como todos estes fatores, provavelmente desistirá na primeira dificuldade. Pense nisso!

Publicidade

-Ivã Araújo

*As opiniões do colunista não refletem necessariamente a posição da Estoa.

Publicidade