LCIs e LCAs, tenha em sua carteira!

Publicidade

Publicidade

Neste artigo iremos esclarecer todo o conceito, prós e contras de um dos ativos mais conhecidos da renda fixa, as LCIs e LCAs. Espero que após a leitura desse artigo, o amigo investidor possa quebrar bloqueios mentais perante a não diversificação de sua carteira e comece a procurar investimentos que rendem acima da inflação e principalmente acima da poupança. Sobre a poupança segue artigo já publicado que irá fazer você pedir o “divórcio”.

Caderneta de Poupança, ainda vale a pena? | LinkedIn

Publicidade

A Letra de crédito Imobiliário (LCI) e a Letra de crédito de Agronegócio (LCA) são títulos de renda fixa que atraem muitos investidores por uma característica importante: Ambas são isentas de imposto de renda. 


Publicidade

Investir em uma LCI ou LCA é bem parecido com o investimento em CDB (Certificado de depósito bancário), pois é uma captação do banco emissor de empréstimo, onde o investidor empresta seu capital, recebendo juros durante o período contratado. Entretanto, a LCI tem lastro em empréstimos do setor imobiliário, enquanto a LCA tem lastro em empréstimos no segmento do agronegócio.

Publicidade

História

A LCI foi criada no ano de 2004, por bancos, sociedades de crédito imobiliário e companhias hipotecárias. Por ser isenta de imposto de renda, a intenção era fomentar o mercado imobiliário de construção e reformas, gerando menor custo de empréstimo a empreendedores e pessoas que compram casas, prédios e demais construções.

A LCA, também criada em 2004, possui o mesmo objetivo, porém seu lastro é ligado em ativos do agronegócio, como empréstimos para máquinas, áreas rurais, ferramentas e outros. 

Publicidade

Publicidade

Entendendo sua aplicabilidade

Para entender como funciona a LCI e a LCA, iremos usar um exemplo:

Um produtor rural, necessita investir na sua nova safra de grãos para a temporada atual. Para tal, irá necessitar de capital para poder realizar compras de maquinário, contratação de pessoas, ferramentaria e outros. O mesmo procura um banco que tenha facilidades para criação de crédito voltados ao agronegócio. Esse banco irá emprestar o capital, com juros menores do que de outros segmentos. Portanto o banco tem um empréstimo onde o seu lastro é a produção e patrimônio desse agricultor. 

Publicidade

Porém o banco, precisa também ter capital de giro e caixa, para tal emite uma LCA, que sendo isenta de imposto de renda se torna muito atrativa para investidores. Estes, contratam as mesmas emprestando o dinheiro ao banco que irá pagar os juros conforme o que recebe dos produtores, portanto recebendo um valor chamado “Spread bancário”.

Também podemos ter emissões securitizadoras de crédito que são conhecidas como o CRI (Certificado de recebíveis imobiliários e o CRA (Certificado de recebíveis de agronegócio) que serão abordados em outra oportunidade.

Publicidade

Rentabilidade

As LCIs e LCAs tem forma de remuneração parecidas com outros ativos de renda fixa, podendo ser:

Pré fixada – No ato da contração é informado o valor anual de juros, sendo possível então saber exatamente o valor que será recebido no final da contratação. Interessante optar pelo pré-fixado quando estiver em um cenário de estabilização/redução da taxa de juros (SELIC);

Pós Fixado – A rentabilidade é atrelada a algum indicador econômico, como a taxa de juros DI (CDI) ou ao IPCA (Índice de preço ao consumidor amplo) nosso indicador de inflação. Portanto, ao investir em letras pós fixada, automaticamente você se protege da desvalorização de seu patrimônio perante a inflação ou rentabiliza conforme a taxa DI que acompanha a taxa SELIC;

Híbrido – Essa possui tanto a rentabilidade pós fixada como também a pré fixada, pagando IPCA/DI + uma taxa fixa.

Vantagens e Desvantagens

Irei listar as principais vantagens e desvantagens em se investir em LCI e LCA:

Vantagem

  1. FGC: LCI e LCA são cobertas pelo fundo garantidor de crédito, assim até R$250 mil o investidor está coberto em caso de problemas de crédito da;
  2. Isenção de Imposto de Renda: Talvez o que chame mais atenção no primeiro contato com as lCI e LCA são a isenção de imposto de renda, portanto o investidor recebe o valor total de seus rendimentos;
  3. Rendimentos acima da inflação: Ao investir em uma LCI e LCA, o investidor optando pelas pós-fixadas terá um investimento que sempre irá render a ele acima da inflação e consequentemente acima da poupança.

Desvantagens

  1. Liquidez: As LCI e LCA, possuem em sua grande maioria carência para resgates de no mínimo 90 dias, portanto o investidor deve ter certeza que no curto prazo o montante não será necessário para emergências;
  2. Decisão Pré ou Pós: Essa escolha deve ser baseada no cenário econômico atual e o projetado, caso compre uma LCI pré fixada e a taxa de juros aumente, infelizmente o título irá valer menos do que o valor aplicado e em casa de resgate o investidor terá perdas. Também algumas instituições cobram multa por resgate antecipado;
  3. Não podem ser usadas como garantia: Diferente de outros ativos, LCI e LCA não podem ser usadas como garantia para operações com derivativos e outros.

Como investir

Basta acessar o produto pela corretora/banco que o investidor possui conta, utilizar os sites para pesquisar e tirar dúvidas de como comprar.

Exemplo

Irei mostrar um exemplo de investimento em LCI/LCA de Pré, Pós fixado e Híbrido para entender o rendimento.

LCIs e LCAs, tenha em sua carteira!
Fonte: Site Corretora Empiricus Investimentos

Esse LCI é um híbrido, pois você pode observar que ele paga IPCA + uma taxa fixa. Significa que o investidor sempre terá rentabilidade acima da inflação. Outro ponto de destaque é o vencimento de 5 anos e os juros só é resgatado após o vencimento junto com o principal.

LCIs e LCAs, tenha em sua carteira!
Fonte: Site Corretora Empiricus Investimentos

Esse LCI é um Pré-fixado, pois você pode observar que existe somente uma taxa pré de 11,56% ao ano, em um cenário de queda da taxa básica de juros e inflação, se torna bem interessante.

LCIs e LCAs, tenha em sua carteira!
Fonte: Site Corretora Empiricus Investimentos

Essa é uma LCA pós fixada, pois você pode observar que paga 90% do que o CDI render que é um indicador, portanto, ideal para momentos de alta da inflação.

Dica do Especialista

Opte pelos modelos híbridos que pagam juros semestrais (cupons), pois como é isento de IRRF a tabela regressiva não prejudica os juros antecipados, gerando liquidez e podendo fazer o investidor investir o rendimento em outro ativo. A opção pelo modelo híbrido é para garantir aumento real do patrimônio em qualquer cenário macroeconômico.

Espero que tenham gostado!

Wano Carvalho

Analista CNPI- T / Especialista em investimentos CEA / Operador de mesa RV PQO 

*As opiniões do colunista não refletem necessariamente a posição da Estoa.

Publicidade