Alavancagem: como funciona e as estratégias para lidar

Publicidade

Publicidade

Olá amigo leitor e investidor, você está acompanhando essa alta do Ibovespa, e pensando “Poxa se tivesse me alavancado teria feito meu 14°,15° e 16° salário”. Pois é, a alavancagem é maravilhosa quando olhamos para as oportunidades de ganhos, porém o “mesmo gol que vale lá, vale aqui”, portanto muito cuidado na hora de se alavancar.

Neste artigo, vamos entender como funciona a alavancagem e irei entregar 3 estratégias que eu utilizo para gerenciamento de risco do meu patrimônio utilizando alavancagem.

Publicidade


Quando se comenta de alavancagem no mercado financeiro, significa tomar emprestado dinheiro para poder conseguir operar N vezes o valor do seu capital em garantia, por exemplo é permitido com apenas R$100,00 em garantia, comprar 1 mini contrato de índice, que custa aproximadamente R$22.460, portanto são incríveis 224x de alavancagem.

Publicidade

Para quem conhece contratos futuros de mini índice e dólar, opções de ações, Futuros de DI, Commodities e outros mais… Sabe que temos possibilidades de alavancagem. Não irei entrar em detalhes de características de cada ativo, pois entendo que seria muita informação para um texto.

Publicidade

Sabendo o que é a alavancagem, vamos para as estratégias (E muitas contas!):

1 – Alavanque sua renda passiva

Essa sem dúvida é a melhor forma de usar a alavancagem sem correr riscos. Vamos dizer que um investidor possui R$25 mil investidos em renda fixa que tem um retorno médio real de 1,2% ao mês ou R$300,00. Infelizmente muitos investidores pensam “Vou operar mini contratos onde poderei operar com 200 contratos!” E acaba se alavancando 200x e assumindo um risco absurdo.

Publicidade

Publicidade

Entretanto, se pensarmos nos R$ 300,00 como uma oportunidade de comprar/vender um único mini contrato de valor em torno de R$22 mil, estaremos usando uma imensa alavancagem (+-73x) e não correndo nenhum risco em nosso patrimônio principal, ou podendo especular com estruturas compradas em opções.

Pensem nisso, os R$300 são uma rentabilidade real e mesmo que eles sejam perdidos, ainda assim o patrimônio irá ser corrigido pela inflação mensalmente.

Publicidade

Nota: Não é recomendação! Esses contratos possuem vencimentos e tem ajuste de margem diária, devem ser estudados e entendidos antes de qualquer investimento.

 2 – Compre opções bem ITM com alavancagem e invista em RF (Renda fixa) o restante!

Às vezes vejo oportunidades de comprar ações para realizar um swing trade (operações com prazo de mais de um dia no mínimo).

Publicidade

Exemplo: Uma oportunidade na empresa fictícia XPTO com bastante liquidez em opções, que tem ações no valor de R$75,00 no momento. Um lote de 100 ações custa R$7.500, que é todo o meu patrimônio neste exemplo.

Na minha análise técnica fictícia, seria: Alvo: R$80,00 (6,6% de ganho ou R$500) Stop-loss:R$70,00 (-6,6% de prejuízo ou -R$500)

No book de opções, encontro uma opção de call para vencimento em 3 meses, ITM (In the Money) e ainda com valor intrínseco negativo no momento:

Strike da Opção de call para vencimento em 3 meses: R$65,00

Valor da opção: R$9,60 (Se pensarmos em valor intrínseco, deveria valer no mínimo a diferença do preço no momento e o strike, portanto R$10,00)

Para opções bem ITM a movimentação da opção replica praticamente 100% da ação (se ação sobe ou cai R$1,00, a opção também irá se movimentar R$1,00)

Temos uma excelente oportunidade de comprar opções dessa empresa por um valor menor do que a diferença do strike e preço atual, com vencimento longo onde o tempo não atua já que temos a opção bem ITM.

Seria viável a seguinte estratégia:

  1. Comprar 200 opções da call analisada por R$9,60 = R$1.920 (25% dos R$7500)
  2. Investir os R$5.580,00 em RF (Vamos usar a rentabilidade nominal de 1,5% ao mês)

Observem que agora temos 200 “ações” por 3 meses, por R$1920 que dá uma alavancagem de 7,81x (200 ações x R$75,00 / R$1920)

Conseguimos alavancar os mesmos R$7500,00 e ainda reduzindo os riscos, pois temos os seguintes cenários:

1° Cenário – O preço ir no alvo de R$80,00: As opções estarão valendo no mínimo R$15,00 (R$80,00 da ação – R$65,00 do strike), mas temos também o valor extrínseco da opção que está no valor de R$0,80. Iremos vender as opções no valor de R$15,80 e realizar um lucro de R$1240,00 ou 64,5% dos R$1.920. Além disso, com o investimento dos R$5580,00 restantes em renda fixa, o montante em 3 meses irá para R$5834,00 em juros compostos.

Resumo de ganhos: R$1240,00 das opções + R$254 da renda passiva = R$1494,00 (20% dos R$7.500)

2° Cenário – O preço ir no stop de R$70,00: As opções estarão valendo no mínimo R$5,00 (R$70,00 da ação – R$65,00 do strike), mas temos também o valor extrínseco da opção que está no valor de R$0,70. Iremos vender as opções no valor de R$5,70 e realizar um prejuízo de R$780,00 ou 41% dos R$1.920 (Observem que para a mesma variação negativa a perda foi menor justamente de a compra ser de valor intrínseco negativo). Além disso, com o investimento dos R$5580,00 restantes em renda fixa, o montante em 3 meses irá para R$5834,00 em juros compostos.

Resumo de prejuízos: – R$780,00 das opções + R$254 da renda passiva = – R$526,00 (7,0% dos R$7.500)

Observem que aumentamos para 20% nossos ganhos na estratégia (Antes 6,6%) e praticamente manteve a perda de 7,0% (Antes 6,6%)

Nota: Entendo que é necessário liquidez nas opções e oportunidade para montar a estratégia, mas sem dúvidas é um ótimo exemplo de como usar alavancagem.


3 – Utilizar as ações para criar renda e com ela alavancar

Essa estratégia se assemelha à estratégia 1, porém com uma grande diferença, iremos utilizar as ações para gerar a renda e com ela poder utilizar alavancagem.

Essa renda, pode ser gerada com:

A – Aluguel de ações: Você que é um holder, e não irá vender suas ações tão cedo, pode alugar suas ações para alguém que pretenda vender. As taxas variam e algumas ações têm taxas maiores do que a SELIC anual!

B – Venda coberta de call: Uma das melhores estratégias para ter rendimentos. Como já expliquei detalhadamente ela em outro artigo, destaco o mesmo para leitura:

C – Venda da PUT: Estratégia que nada mais, nada menos do que a que Warren Buffett utiliza para compra de ações de seu interesse. Caso deseje comprar uma ação, não vá mais e “bata” uma ordem no mercado! Venda uma PUT no preço que analisou e receba por comprar ação.

Essas estratégias podem ser utilizadas para gerar um capital que pode ser alavancado e assim em um péssimo cenário não perca o principal.

Dica Extra!

Caso eu não tenha te convencido de utilizar alavancagem da melhor forma, então que separe o valor que irá alavancar de seu patrimônio, tenha contas diferentes, pois em caso de um dia ruim, não coloque tudo a perder.

Até a próxima!

-Wano Carvalho

Analista CNPI-T / CEA – Especialista em Investimentos

*As opiniões do colunista não refletem necessariamente a posição da Estoa.

Publicidade