A ficha caiu: não podemos separar política de economia

Publicidade

Publicidade

Olá meu caro amigo leitor e investidor. A eleição passou, mas a política não sai dos holofotes, não é mesmo? Você que entra em sites de investimento para ler sobre economia, sempre se depara com uma notícia de cunho político e se pergunta, “Quero ler sobre economia e não política!”. Saiba que esse é um caminho sem volta. 

Política e economia não podem ser separadas

Existe livros que lemos por prazer, ou por ser necessidade de uma tarefa de curto prazo igual trabalhos de faculdades, ou simplesmente para entender algo que você é totalmente contra e quer às vezes só se provocar com as “patifarias” do livro. Pois bem, lembro bem da leitura que fiz do livro O capital de Karl Marx (recomendo a leitura) e algumas coisas ficam na mente, a principal, foi uma crítica do autor as estruturas que separam política de economia, onde na visão do autor se trata da mesma organização.

Publicidade


Como não existe uma verdade absoluta e nem uma mentira completa, esse trecho em especial de Marx é coerente e vale para nossos dias atuais.

Publicidade

Como analista técnico, priorizo sempre as movimentações do preço, indicadores de ajuda na tomada de decisão e também macro indicadores econômicos para ajustarem minha “bússola” ao mercado financeiro, já que obviamente tudo que vemos nos preços é uma tradução do que acontece no mundo real. 

Publicidade

Porém ultimamente tá difícil de não ler notícias, e principalmente, notícias políticas. Falas que desagradam o mercado, ações que geram volatilidade e tudo isso em um turbilhão que já está no mundo com uma guerra e uma inflação do tamanho do Godzilla.

Eu quero trazer o leitor para uma fuga dessa besteira de ter um “político de estimação”, deixo claro respeito às posições políticas como esquerda e direita, faz parte de uma sociedade e também tenho a minha. Porém quando se trata do mercado financeiro precisamos ser imparciais.

Publicidade

Publicidade

Precisamos evoluir e amadurecer essas conversas políticas econômicas para não sermos levados por vieses nocivos a nossas posições na bolsa, como simplesmente vender ou comprar um ativo porque o Lula vai ser o presidente sem se preocupar com as decisões e a política econômica.

Minha visão para a bolsa

Escrevo esse texto em meio ao pregão do dia 18/11/2022, e ainda não enxergo essa “terra arrasada” nos gráficos, precisamos entender o contexto do preço neste momento.

Publicidade

A ficha caiu: não podemos separar política de economia

O Ibovespa está em uma região forte de suporte, e acredito em pelo menos um repique do preço até 114.000 pontos. Existe uma estrutura de baixa por topos menores, mas ainda sim é uma região de suporte que deve ser respeitada.

Quer arriscar uma compra? Momento bom, melhor comprar agora do que em rompimentos…

Publicidade

Vou alongar essa análise em vídeos semanais de análise de ativos que irei publicar todas as segundas.

Até a próxima!

-Wano Carvalho

CNPI-T / CEA / PQO

*As opiniões do colunista não refletem necessariamente a posição da Estoa.

Publicidade