Colorado é o primeiro estado dos EUA a aceitar criptomoedas no pagamento de impostos

Publicidade

Publicidade

As autoridades do estado de Colorado anunciaram que, a partir de agora, os residentes da região poderão pagar seus impostos em criptomoedas.

Entre os ativos digitais que poderão ser usados para este tipo de pagamento estão os dois maiores por capitalização de mercado, o Bitcoin (BTC) e a Ethereum (ETH).

Publicidade

Mas, considerando que o Departamento de Receita do Colorado não tem permissão para aceitar pagamentos diretos de criptomoedas, o estado fez parceria com o PayPal, que ajudará nas transações.

Colorado puxando a fila

As autoridades do estado divulgaram que os residentes do Colorado agora podem usar criptomoedas como meio de pagamento de imposto de renda comercial, imposto de renda individual, imposto sobre vendas e uso, imposto de indenização, imposto retido e imposto de consumo de combustível.

Publicidade


Publicidade

Além de Bitcoin e Ethereum, os indivíduos também podem realizar os pagamentos usando Bitcoin Cash e Litecoin.

“A criptomoeda foi colocada como uma opção de pagamento adicional para os contribuintes que desejam pagar seus impostos estaduais na Receita Online com transações on-line”, afirmou o porta-voz Daniel Carr.

Publicidade

Publicidade

Para que tudo aconteça com segurança e tranquilidade, o Departamento de Receita uniu forças com a multinacional de fintech PayPal.

Ele atuará como um corretor para cada transação e converterá as criptomoedas em dólares americanos. Portanto, os consumidores terão que pagar certas taxas por esse serviço.

Publicidade

A mudança transformou Colorado no primeiro estado americano onde os indivíduos podem usar ativos digitais para pagamentos de impostos.

Utah também é outro estado em que tais medidas estão em andamento. Entretanto, espera-se que o processo se torne uma realidade apenas no início de 2023.

Publicidade

Vale lembrar que, em 2018, Ohio também anunciou intenções semelhantes. No entanto, depois que o procurador-geral, Dave Yost, argumentou que não beneficiaria o sistema financeiro local, as autoridades retiraram seus planos.

Os estados dos EUA estão de olho nas criptomoedas

Apesar de ser o primeiro dos EUA, se engana quem pensa que o Colorado é o único estado onde o setor de criptomoedas está ganhando cada vez mais espaço.

Na Flórida, por exemplo, o prefeito de Miami, Francis Suarez, tentou atrair mineradores de bitcoin fornecendo eletricidade nuclear barata.

O líder político, que é um grande defensor do ativo digital, também argumentou que Miami deveria se transformar em um hub de criptomoedas, enquanto o BTC deve ser “integrado em todos os aspectos da sociedade”.


Além disso, o prefeito de Nova York, Eric Adams, também se mostra um apoiador do mercado de criptomoedas.

Ele prometeu receber seus três primeiros contracheques em bitcoin e, posteriormente, opinou que a tecnologia blockchain e seus méritos deveriam se tornar um assunto nas escolas.

Por fim, mas não menos importante, no início de 2022, a senadora estadual Wendy Rogers, do Arizona, apresentou um projeto de lei que poderia transformar o bitcoin em uma moeda legal na região.

O projeto, que ainda tramita na casa, se aprovado, tornará o estado do Grand Canyon o primeiro em que o BTC é um método de pagamento oficial.

*Com Criptonizando

Publicidade

O melhor conteúdo de negócios e economia no Brasil, de graça para você.

Cadastre-se para ter acesso a este conteúdo, é totalmente de graça!

Ao se cadastrar, você concorda com o compartilhamento de seus dados com a Estoa, e com os Termos de Uso , incluindo o uso de cookies e o envio de comunicações