Catar proíbe cerveja nos estádios da Copa do Mundo

Venda e consumo de bebida alcoólica é restrito pelo Governo do Catar

Publicidade

Publicidade

A Fifa anunciou na tarde desta sexta-feira (18) a proibição de venda e consumo de álcool dentro do perímetro e dos estádios da Copa. A pedido do governo catari, as novas regras sobre venda e consumo de cerveja no país muçulmano foi confirmada pela Fifa dois dias antes do início do campeonato.

“Depois de debates entre o país sede e a Fifa, foi tomada a decisão de focar a venda de bebidas alcóolicas no Fan Festival e a outros lugares licenciados destinados aos fãs, retirando os pontos de venda de cerveja de todo o perímetro dos estádios da Copa do Mundo 2022”, declarava o comunicado postado nas redes sociais da Fifa.

Publicidade

Segundo apuração do jornal estadunidense The New York Times, o primeiro a divulgar as novas informações, o pedido foi feito diretamente da família real do Catar.

Copa do Mundo de 2022 sediada pelo Catar /Foto: AFP

Consumo de bebida no Catar

A Copa do Mundo do Catar vai ser a primeira sediada por um país muçulmano. Com regras restritivas para a própria população, o mundial de futebol deste ano foi alvo de muitos debates e discussões. 

Publicidade

Desde 2010, quando a decisão foi tomada e anunciada, o governo do Catar confirmava a liberação da venda e consumo de álcool.

Publicidade

Com a Copa cada vez mais perto, as medidas ficavam igualmente mais restritivas. No último dia 16, foi anunciado o preço do copo de cerveja de R$ 73 por meio litro, assim se tornando a cerveja mais cara de todas as Copas. Junto com os regulamentos de consumo.

Por lei do país conservador, é ilegal o consumo de qualquer bebida alcoólica em locais públicos. Portanto, até agora, as normas dessa Copa permitiam a venda de cerveja dentro do perímetro do estádio (entre a área de controle de segurança e as catracas) três horas antes do jogo, com a abertura dos portões, e seria interrompida 40 minutos antes do apito final. Ela iria ser retomada depois de uma hora após o término da partida.

Publicidade

Publicidade


As vendas seriam realizadas somente com o ingresso do jogo em mãos. 

Publicidade

Novas regras

O anúncio feito hoje pela Fifa, a dois dias da Copa, determinou a total proibição de comercialização e consumo de álcool nas ruas e fora de locais não autorizados, desta forma, dentro dos estádios e seu perímetro, a qualquer momento.

Somente em lugares autorizados, a venda e consumo está permitida. Bares e restaurantes licenciados, principalmente localizados em hotéis internacionais, Fifa Fan Fest, camarotes e áreas VIP dos estádios são os únicos lugares que venderão bebidas alcoólicas. O consumo dos produtos devem ser feitos no local.

Publicidade

Antes detalhado no “Guia do Torcedor”, a Fifa aconselhava aos torcedores do exterior a não trazer álcool nas bagagens e evitar comprá-las no aeroporto. Agora, as novas regras já proíbem a ação.

Ou seja, além da venda, não é permitido trazer bebidas alcoólicas ao Catar nas bagagens, comprá-las no Duty Free, levá-las aos estádios, e as consumir nas áreas não autorizadas.

Como já determinado anteriormente, o consumo de cerveja dentro dos estádios poderá ser feito apenas nas áreas VIP e camarotes, onde serão servidos cervejas, vinhos e destilados.

A venda de produtos alcoólicos no Fifa Fan Fest irá ocorrer a partir das 18h30 (horário local), as bebidas também devem ser consumidas nos espaços designados. 

Até a última atualização da Fifa, ambas as normas se mantêm. 

Repercussão e polêmica

A divulgação da informação gerou insatisfação com as empresas patrocinadoras da Copa, especialmente com a Budweiser, a fornecedora oficial de cerveja do campeonato. A empresa chegou a se manifestar em um tuíte já deletado, nele dizia: “Well, this is awkward…” (Bem, isso é constrangedor, em tradução livre).

A Budweiser já havia realocado seus estandes e lojas de venda no começo desta semana após pedidos da família real, para manter a exclusividade.

No entanto, com o novo comunicado, as barracas só venderão cerveja sem álcool. Assim como as lojas dentro do perímetro dos oito estádios da Copa.


Desde o esquentamento do clima da Copa, as polêmicas sobre o Catar vem ganhando mais e mais atenção. Álcool, cigarros, carne de porco e outras restrições alimentares são proibições já conhecidas no país do Oriente Médio.

Contudo, as regulamentações foram garantidas para serem flexibilizadas para a competição até este momento. Logo, as restrições divulgadas em cima da hora de fato geram uma grande polêmica.

As bebidas alcoólicas serão permitidas somente nas Fan Fests e camarotes dos estádios. Fora dos espaços designados da Copa, apenas com uma licença de consumo próprio ou em bares de hotéis com licença. 

O primeiro jogo da Copa começa às 13h do próximo domingo (20), entre o Catar e o Equador.

Publicidade