Carrefour Brasil (CRFB3) conclui venda de oito lojas para o Grupo Mateus

Negócio faz parte de determinação do Cade para finalizar compra do Grupo Big

Publicidade

Publicidade

Em processo para finalizar a compra do Grupo Big, o Carrefour Brasil (CRFB3) vendeu mais oito lojas para o Grupo Mateus (GMAT3). Em um acordo que não teve seu valor divulgado, o Carrefour concluiu a venda de todas as 14 unidades exigidas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Anteriormente, o Grupo já havia vendido outras quatro unidades do Nordeste para o Mateus, que tem aumentado significativamente a sua presença nessa região do país e já possui mais de 200 lojas abertas e registrou no ano passado um faturamento superior a R$ 15 bilhões.

Publicidade


Acordo entre Carrefour e Grupo Mateus 

Como forma de atender às exigências propostas pelos órgãos reguladores, desde que anunciou a compra do Grupo Big, o Carrefour precisou vender 14 de suas lojas para que o negócio pudesse ser finalizado.

Publicidade

As unidades em questão estão localizadas no Sul e no Nordeste, principalmente. No Rio Grande do Sul, o Grupo francês vendeu quatro lojas para uma rede local, os supermercados Asun. Atualmente a empresa é a quinta maior do setor no estado gaúcho.

Publicidade

Assim como a rede sulista, o Grupo Mateus negociou em meados de setembro pela compra de algumas unidades do Big que estavam sob posse do Carrefour. Na ocasião, a companhia concluiu a aquisição de duas lojas para o seu portfólio. 

Carrefour Brasil (CRFB3) conclui venda de oito lojas para o Grupo Mateus
Grupo Mateus assumiu o comando de 10 lojas no Nordeste /Foto: Agenda A

Com a chegada de mais oito pontos do Carrefour, o número de lojas que o Grupo Mateus é responsável na região irá aumentar ainda mais o potencial da empresa que está em franca evolução no Nordeste e já figura entre as quatro maiores do setor de supermercados no Brasil.

Publicidade

Publicidade

Para conseguir adquirir as 10 lojas do Grupo francês, o Grupo Mateus teve de vencer uma forte concorrência de outros interessados. Entre eles estão: Novo, Cencosud e Grupo Pão de Açúcar. Porém, o maior diferencial para que a oferta da companhia fosse aceita foi o fato de adquirir o pacote completo.

Novidades do Carrefour

Além de concluir as negociações referentes a compra do Grupo Big, acertada ainda no ano passado, o Carrefour tem investido para ampliar a sua marca e oferecer novas experiências para os seus clientes. 

Publicidade

A rede de supermercados que é líder no segmento aqui no Brasil começou a expandir neste mês de outubro a sua presença no mundo digital. Sob a liderança da sua unidade de negócios e gestão imobiliária, o Carrefour Property, a companhia anunciou a instalação de novos caixas eletrônicos de Bitcoin em algumas de suas unidades.

A iniciativa que já tinha sido colocada em prática no primeiro semestre em São Paulo e no Distrito Federal em parceria com a Coin Cloud, levará agora as máquinas para outros três estados (Paraná, Pernambuco e Rio Grande do Sul). No total, serão nove estados com ATMs de criptomoedas.

Publicidade

O Carrefour também irá oferecer para os seus clientes a partir desse mês em parceria com o Uber uma nova modalidade de entrega. Utilizando o aplicativo Cornershop by Uber, a rede disponibilizará entregas em até 15 minutos por meio da opção “Carrefour Já”. Para isso, a parceria vai utilizar as lojas Carrefour Express para acelerar as entregas.

A princípio, o novo modelo de entrega que já está em funcionamento com poucas lojas em funcionamento, irá concentrar as suas atividades em locais estratégicos da cidade de São Paulo.

Carrefour Brasil (CRFB3) conclui venda de oito lojas para o Grupo Mateus
Participação do Carrefour no BBB13 /Foto: Reprodução

Visibilidade

A partir de janeiro de 2023, o Carrefour aumentará a sua visibilidade nos lares brasileiros. A empresa será o mercado oficial do reality show Big Brother Brasil, da Globo. No último dia 10, a companhia acertou a sua participação no BBB 23 para substituir a Americanas e abastecer a casa.

Para o Grupo francês, este será um retorno ao programa depois de 11 anos de ausência. O acordo para o Carrefour estar entre os patrocinadores do reality no ano que vem foi fechado na casa dos R$ 29,5 milhões.

Publicidade