Bitcoin está em risco, afirmam analistas do JPMorgan

Publicidade

Publicidade

O JPMorgan é conhecido por ser um dos maiores bancos dos EUA e também por carregar uma relação de amor e ódio com o bitcoin.

Com o mercado de criptomoedas insistindo na queda, os estrategistas da instituição financeira estão sendo ainda mais críticos e transmitindo diversos alertas aos seus clientes.

Publicidade

O analista do JPMorgan, David Kelly, falou recentemente com a Bloomberg sobre o mercado financeiro e como o banco está vendo o futuro dos ativos digitais. Inclusive, ele compartilhou alguns conselhos dados aos clientes da instituição.


Publicidade

“A economia está com um pé na recessão e o outro na casca de banana. Certifique-se de que você está acima do valor do mercado dos EUA e do mercado internacional, bem como ações com relação preço/lucro relativamente baixa”, disse.

Publicidade

O trocadilho “pé na casca da banana” está ligado aos recentes comentários sobre as políticas do Fed.

O presidente, Jerome Powell, afirmou que continuará com posturas mais rígidas para tentar manter o controle da inflação.

Publicidade

Publicidade

Essas políticas em questão, estão sendo consideradas um grande risco para o bitcoin.

O conselho é vender bitcoin

De acordo com o especialista, ele e seus colegas esperam mais volatilidade no mercado e um alto risco de quedas.

Publicidade

Entretanto, é possível considerar que, em algum momento, veremos a calmaria novamente.

Ele afirmou que, até o final do próximo ano, a economia “se sentirá mais normal”. Mas, mesmo com essa estimativa, o Fed pode causar muitos problemas no decorrer do caminho.

Publicidade


“O Federal Reserve está superestimando a força da economia dos EUA, pois se sente culpado pelo fato de a inflação ter subido sob sua vigilância”, disse ele.

Então, o que fazer com as criptomoedas? Para o especialista, a melhor opção é evitar ações e ativos ligados à tecnologia, assim como investimento em BTC e outras criptomoedas.

Novas políticas enfraqueceram o mercado

Outro analista do banco, Edward Moya, também falou sobre o mercado das criptomoedas, afirmando que o bitcoin ficou mais fraco mediante as novas medidas do Fed.

“O Bitcoin enfraqueceu depois que o presidente do FED, Powell, não pestanejou com sua reiteração de que o Fed apertará a política para reduzir a inflação. Os ativos de risco estão lutando, pois a luta de Powell contra a inflação permanecerá agressiva, mesmo que desencadeie uma desaceleração econômica”.

Ou seja, para estes especialistas, o bitcoin não está como uma das maiores oportunidades de investimento para o momento.

*Com Criptonizando

Publicidade

O melhor conteúdo de negócios e economia no Brasil, de graça para você.

Cadastre-se para ter acesso a este conteúdo, é totalmente de graça!

Ao se cadastrar, você concorda com o compartilhamento de seus dados com a Estoa, e com os Termos de Uso , incluindo o uso de cookies e o envio de comunicações