Binance está retomando depósitos e saques em Real via Pix

Publicidade

Publicidade

A exchange de criptomoedas Binance está em processo de retomada dos depósitos e saques em real via Pix para seus clientes pessoa física no Brasil. Alguns usuários já estão conseguindo realizar depósitos e saques, mas o serviço ainda não foi restabelecido de forma oficial.

O processo de retomada acontece cerca de 20 dias depois de a exchange suspender operações via Pix devido a problemas com o seu – agora – ex-parceiro de saques e de depósitos, o banco Capitual.

Publicidade

O CriptoFácil testou tanto a opção de depósito quanto de saque, e apenas foi possível realizar depósitos via Pix. Mas já há relatos de usuários que estão conseguindo sacar via Pix.


Publicidade

Aparentemente, o serviço está voltando, primeiro, para clientes pessoa física. Já para empresas, parece que tanto os saques quanto os depósitos via Pix ainda estão indisponíveis.

Publicidade

Ao CriptoFácil, a assessoria da empresa no Brasil explicou que o processo de integração com o seu novo parceiro de pagamentos, a Latam Gateway, está em andamento.

A expectativa é que a conclusão de 100% do processo ocorra em breve, com a normalização dos depósitos e dos saques.

Publicidade

Publicidade

Enquanto isso, os usuários podem realizar transações via sistema P2P da Binance. Além disso, para compra direta de criptomoedas, a Binance tem Pix e transferências bancárias disponíveis por meio de um provedor alternativo. Para os saques, existe a opção “vender para cartão” disponível para o Visa.

Entenda o caso Binance x Capitual

Conforme noticiou o CriptoFácil, no dia 17 de junho, a Binance informou que pausou as operações via Pix para clientes do Brasil. Isso porque enfrentava problemas com o Capitual.

Publicidade

Além disso, a Binance informou a troca de parceiro para oferecer uma solução melhor para os seus clientes do Brasil. E, de fato, a Binance anunciou uma parceria com a plataforma brasileira de pagamentos Latam Gateway.

Na última semana, veio à tona a informação de que a Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de R$ 451,6 milhões das contas do banco Capitual em razão da disputa judicial entre a Binance e o banco.

Publicidade

Ao CriptoFácil, o Capitual explicou que “promoveu uma adequação de sua plataforma” para individualizar o processo de verificação de identidade dos usuários. O objetivo é “reforçar controles e ter mais segurança nas operações envolvendo criptomoedas”.


De acordo com o banco, esta foi uma exigência do Banco Central. No entanto, eles disseram que a Binance não havia se adequado às medidas.

A Binance, por sua vez, afirmou que o BC não é responsável por sua regulação. Além disso, a exchange disse que “tomou todas as medidas necessárias e cabíveis em relação à Capitual para proteger os usuários e seus recursos e assegurar que as mudanças não os afetem de forma negativa.”

Publicidade