Banqi, da Casas Bahia, ultrapassa a marca de 5 milhões de contas

Serviço da varejista que substituiu o antigo crediário já movimentou cerca de R$ 1,2 bilhão no carnê digital

Publicidade

Publicidade

Ao longo dos anos, a Casas Bahia se notabilizou pela possibilidade de garantir para os seus clientes a chance de pagamentos feitos a longo prazo, por meio dos seus carnês imensos com prestações mais baixas.

No entanto, desde o lançamento do Banqi, o banco digital da Via, muitos clientes tiveram que trocar o antigo crediário oferecido pelas lojas da rede, para o carnê digital que tem concentrado cada vez mais as transações da varejista.

Publicidade


Em operação desde 2018, o serviço tem se popularizado entre os clientes da Casas Bahia e já movimentou mais de R$ 2,8 bilhões em compras nas milhares de lojas da rede espalhadas por todo o país.

Publicidade

Benefícios do Banqi

Lançado pela Via com o intuito de suprir as necessidades dos chamados clientes desbancarizados, ou seja, pessoas que não possuem conta em nenhuma instituição bancária, o Banqi oferece uma série de benefícios para os usuários.

Publicidade

Banqi, da Casas Bahia, ultrapassa a marca de 5 milhões de contas
Banqi foi criado em 2018 e oferece série de benefícios para usuários /Foto: Plusdin

Além da conta digital que o banco oferece para os consumidores, também é possível pedir empréstimos e fazer saques e depósitos por meio do Banqi em qualquer uma das lojas da rede.

Outro recurso que tem sido bem difundido entre os clientes da Casas Bahia é o carnê digital, que teve desde o lançamento mais de R$ 1,2 bilhão movimentado nas mais de cinco milhões de contas digitais abertas no Banqi.

Publicidade

Publicidade

Apresentado pela própria Via como um banco que surgiu para democratizar as soluções financeiras dos clientes oferecendo uma autonomia maior para a população desbancarizada, o Banqi tem atingido as expectativas esperadas pela empresa.

Ao longo dos três anos de existência, o ecossistema tem oferecido aos clientes da rede novos serviços como cartão pré-pago, depósitos via Pix, pagamentos por QR Code e uma linha de crédito.

Publicidade

A concessão de crédito pessoal disponibilizada no banco digital oferece para os clientes da rede um empréstimo de até R$ 15 mil na conta Banqi, com um número de parcelas a serem definidas para a contratação pelo próprio consumidor no aplicativo.

Novo público

Além de buscar soluções para clientes que já estão acostumados a frequentar as lojas da Via, a empresa tem tentado atrair nos últimos meses uma parcela que ainda não possui nenhum vínculo com a rede.

Publicidade

Banqi, da Casas Bahia, ultrapassa a marca de 5 milhões de contas
Algumas das vantagens oferecidas no Banqi /Foto: Reprodução

Cerca de 50% das contas digitais abertas no Banqi equivalem a possíveis novos clientes que ainda não realizaram nenhuma compra nas lojas da Via. Pensando nisso, o aplicativo do banco digital tem diversificado cada vez mais os seus serviços com novas ofertas para os futuros clientes.

Outro foco da empresa são os microempreendedores individuais (MEIs), que após serem agraciados com uma conta exclusiva voltada para eles, passaram a representar cerca de 20% do total de clientes da conta digital e devem contar com linhas de crédito nos próximos meses.

Investimentos da Via

Além de focar esforços em estratégias para captar novos clientes para as lojas da empresa, a Via tem investido também em programas para conseguir evoluir na redução da emissão de poluentes nas suas operações.


Com esse objetivo, a empresa tem passado a investir na logística reversa de resíduos por meio do programa de reciclagem da varejista, o Reviva. Desde a criação do programa, a Via já acumulou mais de 50 mil toneladas de materiais recicláveis coletados nos ambientes da empresa.

Visando essa diminuição na emissão de carbono nas suas operações, a Via tem promovido desde o final do ano passado uma substituição na sua frota de veículos que realizam entregas para os consumidores, aderindo a veículos elétricos para percorrer esses trajetos, a fim de diminuir os poluentes emitidos.

Durante esses meses iniciais, a empresa já conseguiu reduzir em mais de 90 toneladas de carbono emitidas com a troca para automóveis abastecidos com energia elétrica.

Publicidade