Arezzo lança segunda turma de aceleração de startups

O objetivo da Arezzo é promover a inovação por meio da aceleração de startups em todo o país

Publicidade

Publicidade

A Arezzo & Co lançou no mercado sua segunda turma de aceleração de startups, com o intuito de promover a inovação em suas operações, desta vez o foco dessa turma de aceleração de startups é atingir o Brasil inteiro. 

Em um comunicado à imprensa, o grupo Arezzo disse. “Após a validação da sua primeira edição, o grupo decidiu abrir uma segunda rodada, mas, dessa vez, nacionalmente e de forma híbrida”. 

Quem é a Arezzo?

Publicidade

A Arezzo começou no mercado como uma fábrica de sapatos e ao longo dos últimos anos tornou-se um dos maiores grupos de moda do país. O maior objetivo da empresa é inovar e oferecer aos seus clientes produtos de qualidade e que estejam sempre em dia com a moda.

Espaço ZZ Hub da Arezzo/Foto: Reprodução

O projeto de aceleração de startups

Em 2021, a Arezzo abriu uma sede em Campo Bom, o Hub de inovação, o ZZ Hub. Esse espaço tem como objetivo representar e materializar a transformação digital da companhia. Deste modo, a principal atividade é a aceleração de startups com lojas parceiras da marca.  

Publicidade


Publicidade

Na primeira turma de aceleração de startups, três empresas foram selecionadas: a Abbiamo, que atua em processos logísticos com foco na experiência de entrega ao consumidor final, a Esypro, que é voltada para soluções de checklist e produtividade, e a Growdev, que tem como foco a formação de profissionais no  mercado de produtos digitais.

Qual o objetivo da Arezzo em formar uma segunda turma de startups?

A segunda turma buscará alinhar os startups em 5 partes pontuados pela Arezzo: a inteligência de imagem, loja do futuro, experiência de encantamento omnichannel, marketing analytics e  processos produtivos.  

Publicidade

Publicidade

Ao longo do programa de aceleração, as startups selecionadas, realizarão uma  capacitação de empreendedorismo, com parceria do Sebrae, que contará com quatro módulos pré-definidos. Os temas abordados serão planejamento, gestão de pessoas, estratégia, produtos, vendas e investimentos.  

O programa também contará com mentorias coletivas e individuais, deste modo a oportunidade de desenvolvimentos de projetos e soluções, que podem tornar-se um contrato de negócios com a companhia e mais 16 marcas, que fazem parte da Arezzo.  

Publicidade

As marcas parceiras são: Schutz, Anacapri, Alexandre Birman, Fiever, Alme, Vans e My Shoes, além do marketplace ZZ Mall e da plataforma de economia circular Troc. Contudo, a empresa conta com o braço de lifestyle a AR&Co, que contempla as marcas da Reserva,  Baw Clothing e Carol Bassi.

Espaço Arezzo & CO/Foto: Reprodução

O que esperar?

O objetivo central é inovar os negócios da empresa, com uma tecnologia que pode trazer um produto de qualidade para seus clientes. Murilo Jovtei, o head de negócios digitais da Arezzo disse. “Nosso foco é o de criar soluções e produtos digitais que atendam todas as áreas da companhia, potencializando ou criando novos negócios a partir daí”.

Publicidade

Portanto, com a segunda turma de aceleração de startups, a Arezzo pode ganhar espaço em outras regiões, expandindo os negócios e atraindo mais público. Já que o objetivo da Arezzo é entrar para o  mercado de startups, fazendo com que a empresa crie novas soluções com valor para o negócio. 


Como participar?

As inscrições estão abertas através do link fornecido no site oficial da Arezzo, o prazo para realizar essas inscrições é até o dia 4 de novembro. O processo de seleção contará com 4 fases, a divulgação dos resultados acontecerá no dia 9 de dezembro. O programa terá início no dia 16 de janeiro de 2023. 

Por mais que a Arezzo ainda não tenha revelado quais as startups que serão escolhidas para essa segunda turma, as que forem selecionadas poderão trabalhar de maneira híbrida ou presencial, com encontros pré-definidos no ZZ Hub.

Publicidade