Ações da Netflix disparam com crescimento de assinantes acima do esperado

Serviço de streaming viu base de assinantes aumentar após criar plano com anúncios

Publicidade

Publicidade

Um dia depois de divulgar o seu balanço trimestral, a Netflix (NASDAQ: NFLX) viu as suas ações dispararem nesta quarta-feira, (19), mais de 13% durante o pré-mercado na Bolsa de Nova York. 

O resultado apresentado pela Netflix referente aos seus números para o terceiro trimestre de 2022 foi acima do esperado pelos investidores do mercado financeiro, e até mesmo pelas projeções da própria empresa.

Publicidade


Disparada na Nasdaq

Durante a manhã desta quarta-feira, a Netflix viu as suas ações dispararem na Nasdaq, com um salto superior aos 13%, ainda no pré-mercado. O ponto mais alto das ações da empresa de streaming foi registrado às 10h30, quando alcançou US$ 278,78.

Publicidade

A surpresa com relação aos números do 3T22 causaram este impacto positivo nos papéis da Netflix, que ontem após o fechamento do mercado estavam cotados a US$ 240,86. A subida do serviço de streaming tem feito com que os mercados globais também sejam aquecidos nesta quarta-feira.

Publicidade

O principal fator para o desempenho positivo da companhia é a recuperação no número de assinantes ao redor do mundo. A Netflix, que desde o seu lançamento há mais de 10 anos nunca havia registrado perdas, vinha de dois trimestres consecutivos com déficit nesse número. 

Ações da Netflix disparam com crescimento de assinantes acima do esperado
Número de assinantes novos superou as expectativas da Netflix /Foto: Reprodução

No total, a Netflix perdeu mais de 1,2 milhão de assinantes a nível global durante o primeiro semestre deste ano. A expectativa da companhia que previa um acréscimo de 1 milhão novos usuários ao longo do terceiro trimestre foi superada e a empresa atingiu mais do que o dobro desta meta, chegando a 2,4 milhões de novos assinantes.

Publicidade

Publicidade

Porém, não foi só o número de usuários novos que foi além do esperado durante o 3T22, a receita da companhia também superou as expectativas do mercado e da própria Netflix, que esperava ter neste trimestre uma receita de US$ 7,84 bilhões. O valor alcançado, no entanto, foi de US$ 7,93 bilhões para um lucro líquido de US$ 1,398 bilhão.

A perspectiva da companhia para o último trimestre do ano divulgada no último balanço indica uma manutenção nesse cenário de alta para a Netflix, porém a empresa prega cautela com relação a sua receita para o período devido a valorização do dólar e prevê uma arrecadação de US$ 7,8 bilhões. Já no número de assinantes, a companhia projeta a adição de mais de 4,5 milhões de usuários.

Publicidade

Locais de crescimento da Netflix

De acordo com o relatório divulgado pela companhia nesta terça-feira, a região responsável pelo maior crescimento no número de usuários foi a Ásia-Pacífico, onde mais de 1,4 milhão de novos assinantes foram adicionados. A região Estados Unidos-Canadá, que até então era a que representava o maior mercado da Netflix, só teve cerca de 100 mil novos usuários.

A região norte-americana que conta com cerca de 73,3 milhões de assinantes deixou inclusive de ser a maior da companhia, sendo ultrapassada pela região composta por Europa, Oriente Médio e África (EMEA, na sigla em inglês) que chegou a 73,5 milhões.

Publicidade

Novos planos

Ainda que a Netflix tenha lançado recentemente o seu plano de assinatura com anúncios, visando trazer de volta boa parte dos seus assinantes, a companhia no momento não acredita que esse plano com propagandas gere efeitos para o último trimestre de 2022.

No entanto, a chegada da nova opção de assinatura para 12 países além do Brasil, surge como uma possibilidade positiva para o serviço de streaming atingir suas metas a longo prazo. De acordo com a companhia, o crescimento deverá ocorrer de forma gradual, fazendo com que a Netflix retome o seu crescimento nos próximos meses, ao contrário do que ocorreu no início deste ano.

Além disso, a companhia aposta em lançamentos nos próximos meses para que os novos usuários sejam contemplados com uma série de conteúdos no seu catálogo.

Publicidade