Fintech: o que é e como funciona?

As Fintechs revolucionaram o mercado financeiro para sempre.
Sem dúvida alguma, elas disponibilizam diversos recursos e ferramentas que podem facilitar a sua rotina e te ajudam a economizar tempo.
Por isso, esse modelo de empresa está se tornando cada vez mais comum. Aliás, é bem provável que nos próximos anos, as Fintechs dominem ainda mais o mercado.

Publicidade

Publicidade

Mas você realmente sabe o que é uma Fintech e quais as principais características dos empreendimentos que seguem esse modelo?

Embora o uso desse termo tenha se tornado comum nos últimos meses, algumas pessoas ainda não sabem como essas empresas realmente funcionam na prática.

Publicidade

E é por isso que preparamos esse artigo para você. Continue a leitura para saber tudo sobre o assunto!

O que é uma Fintech?

Você provavelmente já usa os serviços dessas organizações, mesmo sem se dar conta de que é cliente de uma Fintech.

Publicidade

Pois bem, uma Fintech é um modelo de empresa que utiliza a tecnologia para criar e oferecer serviços digitais para o mercado financeiro.

Publicidade

Aliás, Fintech é a junção de duas palavras: financial (financeiro) e technology (tecnologia).

Os motivos pelos quais esse modelo de negócio deu tão certo, são a praticidade, facilidade e diversidade de recursos financeiros para os usuários.

Publicidade

Publicidade

Quantas vezes você já passou horas na fila do banco? Ou então, precisou pagar taxas abusivas para realizar um simples serviço?

Certamente, as Fintechs não apenas facilitaram a vida dos usuários, mas também, obrigaram os bancos e instituições financeiras tradicionais a adotarem soluções tecnológicas e reduzir o custo de operações financeiras para os clientes.

Publicidade

Uma Fintech é uma startup?

É muito comum ver pessoas confundindo esses dois termos.

Como você já sabe o que é Fintech, vamos te explicar o que é uma startup.

Publicidade

Basicamente, uma startup é uma empresa que iniciou recentemente suas atividades e oferece ideias revolucionárias para o mercado.

Ela se destaca pelo uso de soluções tecnológicas e principalmente, por ter um enorme potencial de crescimento.

De maneira geral, uma Fintech pode ser considerada uma startup. Mas o contrário nem sempre acontece.

Enquanto as Fintechs são definidas pela oferta de serviços financeiros, as startups oferecem serviços inovadores para outros segmentos: educação, vendas online, logística, alimentação, etc.

Quando as Fintechs surgiram no mercado?

As Fintechs surgiram em 2008, ano em que o mundo passou por uma grave crise financeira, que levou muitos investidores e instituições tradicionais à falência.

Elas surgiram como alternativas modernas inovadoras, que trouxeram mais praticidade e agilidade para o público.

Serviços que antes só podiam ser realizados de forma presencial, atualmente, podem ser concluídos em poucos segundos através de aplicativos.

Outro fator interessante sobre as Fintechs é que elas nasceram por causa das exigências do público, que estavam em busca de serviços que pudessem ser realizados através da tecnologia e de modo mais flexível.

É importante mencionar que muitos funcionários que hoje exercem atividades profissionais para as Fintechs, já trabalharam em bancos tradicionais.

Quais são os principais modelos de Fintechs?

Os bancos digitais ainda são os modelos de fintechs mais conhecidos, mas existem outros serviços disponibilizados por empresas desse segmento.

As categorias de fintechs mais conhecidas são:

Fintechs de investimentos

As fintechs de investimento revolucionaram o mercado de ações.

Elas democratizaram o mercado financeiro e fizeram com que muitas pessoas, que antes não tinham a menor ideia do que são fundos de renda fixa e variável, pudessem se tornar investidoras.

Fintechs de pagamentos

Quando o assunto é compra e venda online, pode ter certeza de que as fintechs de pagamento vão tornar a sua vida mais fácil.

Você já ouviu falar do Nubank, Paypal e Mercado Pago? Certamente sim.

Essas empresas democratizaram o sistema de pagamentos online.

As principais características das Fintechs de pagamento, são os custos baixos e a realização de serviços financeiros de forma rápida e prática.

Fintechs de gestão financeira

Você certamente está ouvindo falar mais sobre educação financeira, não é mesmo?

Um dos motivos pelos quais esse tema se tornou popular nos últimos anos, é justamente pela criação das fintechs de gestão financeira.

Essas empresas são especializadas em auxiliar pessoas físicas e jurídicas a se organizarem financeiramente.

Alguns dos principais serviços oferecidos por essas empresas são o controle de despesas e folha de pagamentos, por exemplo.

Fintechs de contabilidade

A contabilidade é um serviço obrigatório para todos os empresários brasileiros.

Mas você não deve contratar um contador apenas pela obrigatoriedade. Esse profissional é fundamental para a organização e planejamento do seu negócio.

As fintechs dessa área consistem nos serviços de contabilidade online. Os serviços possuem preços mais acessíveis e personalizados, de acordo com as necessidades de cada negócio.

Como as Fintechs funcionam?

As Fintechs são modelos de negócios totalmente digitais.

Ou seja, a abertura de contas e os serviços disponibilizados por esses empreendimentos, são sempre realizados pela internet.

Quais as principais vantagens das Fintechs?

Sem dúvida alguma, o fato de as Fintechs utilizarem a tecnologia para disponibilizar serviços aos clientes, são um dos motivos pelo crescimento acelerado dessas empresas.

Além disso, elas reduziram a burocracia para abrir contas e realizar pagamentos.

Outra vantagem é que elas são totalmente seguras. Se você tiver qualquer problema, poderá entrar em contato com o suporte da empresa e solucionar o seu problema de modo totalmente online.

Qual a diferença entre uma Fintech e um banco tradicional?

As Fintechs não vão substituir os bancos tradicionais, pelo menos não nos próximos anos.

Na verdade, a existência de um modelo de negócios não impede o outro.

Você pode por exemplo, ter uma conta digital, mas também, uma conta tradicional em bancos convencionais.

Mas não há dúvidas de que as Fintechs são menos burocráticas e disponibilizam recursos que facilitam as operações financeiras de compra, venda e transferências.

As Fintechs vão crescer ainda mais?

Com certeza nos próximos anos, esses empreendimentos vão se tornar mais populares.

As pessoas estão cada vez mais dependentes da tecnologia para realizarem serviços básicos.

E sem dúvida alguma, as Fintechs estão acompanhando a evolução e as mudanças do mercado.

Elas se destacam pela experiência de qualidade proporcionada aos clientes, agilidade nos processos e custos baixos (ou até mesmo gratuitos).

Publicidade

O melhor conteúdo de negócios e economia no Brasil, de graça para você.

Cadastre-se para ter acesso a este conteúdo, é totalmente de graça!

Ao se cadastrar, você concorda com o compartilhamento de seus dados com a Estoa, e com os Termos de Uso , incluindo o uso de cookies e o envio de comunicações