Encilhamento: o que foi essa política monetária

Saiba tudo sobre a bolha econômica durante o Segundo Reinado

Publicidade

Publicidade

O encilhamento foi uma das políticas monetárias do final do Segundo Reinado da monarquia brasileira, durante o governo provisório do marechal Deodoro da Fonseca. A tentativa de desenvolvimento criada pelo ministro da Fazenda Ruy Barbosa, no entanto, gerou uma das maiores crises econômicas do Brasil.

A política foi implementada a fim de desenvolver o país através do avanço da industrialização, dado o nome da medida. Encilhamento em si significa apertar a cinta de um cavalo, logo a política remete à preparação da economia para impulsioná-la.

Publicidade

A tentativa falha acarretou uma bolha econômica e altos níveis de inflação.


Publicidade

O que foi o encilhamento

O encilhamento foi criado em 1889 por Ruy Barbosa como uma tentativa de impulsionar o desenvolvimento econômico e reverter a crise de escassez de papel-moeda em circulação.

Publicidade

Logo, a principal missão do programa era incentivar a emissão de mais dinheiro, que resolveria uma série de questões de uma vez. A medida foi feita em um contexto de abolição da escravidão, início da industrialização e onda imigratória, portanto, o encilhamento visava atender cada questão para ao mesmo tempo avançar com a economia.

Diante da abolição da escravidão, o aumento abrupto de trabalhadores assalariados precisaria ser coberto por alguma medida, desta forma, os novos salários deveriam ser pagos com um dinheiro que não estava disponível no mercado. 

Publicidade

Publicidade

Juntamente à chegada massiva de novos imigrantes, o que também representava mão de obra, e avanço da industrialização brasileira, desenvolvimento que seria financiado através da facilitação de empréstimos e créditos aos investidores.

Esses empréstimos, em teoria, seriam concedidos de modo arbitrário, sem conhecimento prévio do quadro financeiro das pessoas. De modo geral, esses empréstimos conceituavam a política de encilhamento.

Publicidade

Encilhamento: o que foi essa política monetária
Presidente Marechal Deodoro da Fonseca /Foto: Pintura de Benedito Calixto, 1920

Políticas

Entre as medidas do encilhamento, a política se focava mais no objetivo de emitir mais dinheiro e aquecer a economia do que controlar e providenciar métodos de aplicar a estratégia de modo adequado.

Apesar da emissão de dinheiro fosse realizada somente nas três regiões bancárias autorizadas, definidas pelo governo, a situação se intensificou quando o próprio governo começou a autorizar diversos bancos a também emitirem dinheiro. Claramente, isso apenas contribuiu com o volume excessivo de dinheiro em circulação. 

Publicidade

O crédito concedido a praticamente todos perdeu seu valor, a moeda foi desvalorizada e a bolha de crédito se instalou.


Consequências econômicas

O estímulo, contudo, contra atacou e acarretou em uma das crises econômicas mais graves da história do país. 

Pelo grande volume de empréstimos, que eram realizados sem fiscalização, o governo começou a injetar quantidades astronômicas de capital na economia, o que desvalorizou a moeda, ocasionou a falência e fechamento de diversos comércios, gerando assim uma das maiores inflações no Brasil.

A crise do encilhamento também foi marcada por uma crise especulativa no mercado de ações, no qual empresas adquiriam crédito, fechavam o negócio e continuavam a atuar na Bolsa de Valores, as chamadas de empresas-fantasmas. Sem mencionar as empresas não existentes que operavam ativos acima de seu valor original, quando a companhia ainda existia. 

Entre outros casos peculiares eram os empréstimos que serviam a fins diferentes do motivo aprovado pelo banco. No geral, o esquema de especulação acabou criando uma bolha de crédito. 

Embora tenha sido frequentemente associada ao principal responsável, o ministro Ruy Barbosa, que não foi o único a chefiar o ministério da Fazenda durante o governo de Deodoro da Fonseca, e tenha causado altos níveis de inflação e a bolha econômica, o encilhamento de fato impulsionou a industrialização.

Mesmo sendo um fracasso, a medida econômica resultou em um avanço econômico, industrial e mental no espírito dos investidores, mesmo que seja controlado.

O encilhamento foi um dos pioneiros a concretizar a abordagem liberalista do início da República do Brasil.

Publicidade