Contrato spot: o que é e como funciona

Conheça o contrato de transação imediata de commodities e títulos

Publicidade

Publicidade

A modalidade de contrato definida por seu caráter instantâneo, o contrato spot é mais utilizado em negociações de commodities como ouro, prata e petróleo, títulos, câmbio e gás. 

Oposto do contrato a termo, ele é fundamental em transações a curto prazo de bens constantes e estáveis.

O que é o contrato spot?

Publicidade

Com seu termo “spot” traduzindo para “lugar” ou “ponto” em inglês, o contrato pontual é determinado pela rapidez da operação. Sendo utilizado no mercado financeiro “spot” qualquer compra e venda feita à vista. Ou seja, “on the spot”.

O tempo de caráter referente à particularidade do contrato se trata do período instantâneo da data de negociação e a data de liquidez. Isso quando há um intervalo de tempo. 

Publicidade


Publicidade

A data do pagamento diz respeito à data de pagamento, enquanto a data de liquidez é a data da entrega do ativo de fato. O espaço de pausa entre as duas etapas é normalmente de dois dias úteis, deste modo, a maioria dos contratos tem denominação D+2 (dois dias).

O que quer dizer que o prazo de liquidez se encerra após dois dias úteis do fechamento do acordo, isto é, a data de negociação. Porém, na realidade, esse prazo varia em função do ativo negociado em si, suas características e mercado vigente.

Publicidade

Publicidade

Gás e energia elétrica, por exemplo, demoram um pouco mais, pois não conseguem ser entregues na mesma velocidade que os commodities.

Imagem ilustrativa/Foto: Reprodução

O uso do contrato

O contrato spot desempenha um papel crucial no mercado, uma vez que é ele o instrumento encarregado de efetuar as trocas com liquidação rápida, chamado de mercado spot. 

Publicidade

Ressaltando a importância das transações à vista, que é o modo adotado na maioria dos negócios de energia elétrica, gás, ouro, prata, petróleo e outros commodities, especialmente os commodities agrícolas.

Além de ser uma ótima maneira de levantar recursos rapidamente, como o spot gera lucro praticamente instantâneo, os produtores utilizam a técnica para fazer vendas durante períodos de valorização do bem. Assim, eles geram um lucro superior do que o habitual, com o preço mais elevado do que o produto normalmente está. 

Publicidade

Em sua grande maioria, por sua qualidade veloz, o contrato spot é mais utilizado em negociações de urgência, desta forma, seu uso é em acordos de títulos, câmbio, energia e, os mencionados anteriormente, commodities. Contudo, seu sucesso, é preciso saber escolher em quais casos o spot é o melhor plano.


O curto prazo é sim o que mais chama atenção, mas essa modalidade é aplicada somente em ativos duráveis e muitas vezes não perecíveis, como o petróleo e outras matérias-primas. 

Seu funcionamento X contrato futuro

De maneira simplificada, o contrato funciona da mesma forma que o contrato futuro. Sendo o período entre a data de negociação e a data de liquidez a grande diferença. O contrato a termo ou contrato futuro opera do jeito que seu nome indica. A venda e compra do produto é feita na data do momento, enquanto a entrega e o pagamento é finalizado em uma data previamente marcada.

Logo, a outra particularidade divergente entre as duas modalidades de contrato é sobre os valores, que também está relacionada ao tempo. Dado que os valores do contrato a termo são em vista do momento atual da negociação, porém o recebimento do produto só vai ocorrer daqui a alguns meses. Logo, se o preço de um produto de repente abaixar, é uma ótima oportunidade para adquiri-lo por um preço abaixo do costume.

Já os produtos que são trocados por contrato spot apresentam um preço mais estável, visto que sua maioria são ativos não perecíveis, portanto, o preço atual deve corresponder igualmente ao preço futuro. Isentando a necessidade imediata de fechar um contrato somente por conta do preço. 

Acima das taxas cobradas sobre a transação, estáveis, porém variáveis considerando cada produto. Conhecidas no contrato spot como taxa spot ou preço spot.

Publicidade