Conheça o Home Broker: Plataforma online para investimentos em renda variável

Atualmente, mais de 500 mil investidores utilizam a ferramenta para operações de compra e venda de ações na bolsa de valores

Publicidade

Publicidade

Neste artigo, a Estoa Research vai te explicar tudo o que você precisa saber para começar a fazer investimentos com o Home Broker. Caso você seja iniciante e não saiba o que esse nome significa, fique tranquilo, vamos explicar o seu conceito e mostrar que ele não é tão difícil quanto o nome demonstra. 

Com atuação 100% online, o Home Broker, que em português é traduzido para “corretor residencial”, é um sistema que permite aos investidores fazerem compras e vendas de ações diretamente pela internet e sem a necessidade de passar pela mesa de operações da bolsa de valores.

Publicidade

 Apesar do investidor ainda precisar ter uma conta em uma corretora de valores, o caminho para investimento de curto e longo prazo em ações ficou mais fácil do que era antes do Home Broker. 

Até o surgimento dessa plataforma, quem tinha o interesse em realizar operações na bolsa, precisava fazer uma ligação para a mesa de operações de uma corretora e passar a ordem por telefone. 

Publicidade

Criado desde 1999, o Home Broker tem como público alvo pessoas físicas, ou seja investidores individuais. Atualmente, nos Estados Unidos, mais da metade das pessoas compram e vendem ações na bolsa de valores, no Brasil, este número chega a 3,8 milhões de pessoas e dessas, mais de 500 mil fazem transações pela internet. 

Publicidade

Este fator está inteiramente ligado ao surgimento do Home Broker, que facilitou muito a vida de quem faz parte deste mercado. Além do fato da plataforma não trabalhar somente com ações, mas também com opções e contratos futuros.

COMO UTILIZAR?

Publicidade

Publicidade

A primeira atitude que você deve tomar, caso tenha interesse em começar a operar com o Home Broker na bolsa de valores é abrir uma conta em uma corretora de valores. Isso é importante porque você não pode realizar este tipo de operação na B3 nem pelo Home Broker se você não estiver cadastrado em uma dessas instituições. Por mais que você dê ordens sobre compra e venda, somente essas corretoras são autorizadas a executar esta ação, mesmo que seja por um processo online. 

Dentro da plataforma do Home Broker você encontra uma série de serviços que vão te auxiliar a investir e também a entender o cenário em que o mercado se encontra no momento, tudo isso em tempo real. Por isso, um conselho importante é estar com uma boa conexão de internet e um equipamento de qualidade, pois dependendo da forma que você utilizar o Home Broker, alguns segundos podem ser essenciais para o seu negócio dar certo ou dar errado.

Publicidade

Uma das principais funcionalidades do Home Broker, além de observar em tempo real o valor das cotações de ações e outros ativos, nele podemos também verificar se as ordens de compra e venda dadas pelo investidor para verificar se foram devidamente executadas. 

Outro serviço oferecido pela plataforma é o chamado “book de ofertas”. Nele contém uma lista  com todas as ordens de compra e venda de ativos financeiros dadas por outros investidores, incluindo preços e quantidades. Acompanhar o book dá ao investidor referências do andamento do mercado.

Publicidade

VALORES

A questão do valor para se operar pelo Home Broker é uma das vantagens desta plataforma. O motivo é que não há custos para usá-la, o que se cobra dentro dela é a taxa de corretagem que é cobrado sobre cada operação de compra e venda de ações. 

O valor da taxa de corretagem vai variar de acordo com a corretora que você escolher. Algumas delas têm como estratégia fechar pacotes de valores e número de operações predefinidos. Geralmente nesta opção os valores ficam mais acessíveis, mas isso não significa que o preço seja muito elevado. Geralmente, o valor pode ir de R$5 à R$20 por operação. 

DIFERENÇAS SOBRE O TRADICIONAL

A cada ano que passa menos investidores utilizam a Mesa de Operações para investir na bolsa de valores e isso deve muito a praticidade do Home Broker. Como já dito, antes dessa plataforma fazer parte do mercado, só era possível realizar operações pela Mesa de Operações, onde era necessário fazer uma ligação para uma corretora para eles executarem a ação de compra e venda de ações.

A principal diferença entre essas duas operações é a praticidade, mas isso não significa que a mesa de operações será totalmente descartada. Isso se deve ao fato de que alguns investidores ainda não se sentem seguros de fazer esse processo online e por isso ainda usam a opção mais tradicional. Outra diferença é o valor.  Na mesa, a taxa de corretagem normalmente não é um valor fixo, e sim um percentual sobre o valor de cada negócio que for realizado. Se uma operação for muito grande, a taxa de corretagem também será maior.

COMO ESCOLHER O MELHOR HOME BROKER?

Para tomar este tipo de decisão, é necessário fazer uma busca no mercado entre os home brokers disponíveis. Cada um conta com características e serviços que diferem um do outro. Além disso, conhecer o seu perfil de investidor vai te ajudar a tomar essa decisão, também. 

Confira uma lista com algumas corretora que oferecem Home Brokers no mercado brasileiro:

  • Toro Investimentos
  • XP Investimentos
  • Easynvest
  • Spinelli Corretagem
  • Rico
  • Banco do Brasil 
  • Itaú
  • Bradesco
  • Órama

Por fim, os preços também diferem de cada plataforma. Dessa forma, fazer um cálculo entre os tipos de investimentos que deseja fazer e a quantidade de operações que você pretende fazer no mês pode lhe auxiliar na hora de decidir sobre o melhor custo-benefício entre os Home Brokers.

Publicidade