Black Thursday de 1929: O que foi e causas nas bolsas de valores

Entenda porque o Black Thursday entrou para a história das bolsas de valores e efeitos econômicos e sociais

Publicidade

Publicidade

Existem dias marcantes para a economia e bolsas de valores do mundo todo, bons, ruins, alguns que refletem por anos e outros que são tão importantes que marcaram gerações e o medo de acontecer isso novamente é tão grande que o mundo do investimento sempre está alerta para novas crises. Um desses dias marcantes foi o Black Thursday de 1929.

Momentos de tensão no mercado financeiro e que abalaram a economia eram comuns em tempos passados, já que não se tinha um modelo de negócios único e a evolução econômica e as tecnologias ajudaram muito.

Publicidade

Uma das mais importantes marcas na história econômica foi a crise de 1929, mais especificamente em um dia, entender o que aconteceu nesta ocasião é fundamental, conheça melhor o Black Thursday.

O que foi a Black Thursday?

Publicidade

O dia 24 de outubro de 1929 entrou para a história, neste dia aconteceu o que sabemos hoje como a Black Thursday ou em português, Quinta-feira sombria, dia em que um dos principais índices das bolsas de valores norte-americanas, o índice Dow Jones, despencou em 11%, uma queda inimaginável para os investidores. 

Publicidade

Este episódio foi um dos primeiros que marcaram a história de Wall Street, o crash da rua de negociações mais famosas do mundo, outros “crashs” marcaram o mesmo ano fatídico de 1929.

Anteriormente ao dia 24 de outubro de 1929, dia 23 quarta-feira, a NYSE (Bolsa de Valores de Nova York) registrou uma queda expressiva de 4,6% e isto gerou pânico nos investidores e o ambiente econômico não estava nada bem. No dia seguinte, o grande acontecimento. 

Publicidade

Publicidade

O principal jornal nova iorquino, The Washington Post,  sinalizou uma espécie de colapso no universo financeiro americano e informou em diversas páginas a situação que estava se formando. 

Quinta-feira, 305.85 pontos iniciaram o dia da bolsa de valores e após queda de 11% os pontos da bolsa estavam em torno de 272.206 durante o dia das negociações, o volume de negociações da bolsa de valores aumentaram conforme nos próximos dias caíam mais e mais o índice. 

Publicidade

Para tentar ajudar e como um suporte a bolsa de valores, os principais bancos da época compraram ações, bancos como National Bank of New York, Morgan Bank, Chase National Bank, tentaram a manutenção do mercado, o que não sutil efeito, apesar da estabilidade momentânea, novas quedas aconteceram.

O que é o índice Dow Jones?

Publicidade

O índice Dow Jones tem um papel fundamental no mercado de variáveis, tem a responsabilidade de indicar um conjunto de ações listadas na bolsa de valores. 

Conheça as principais bolsas de valores da  Ásia, Europa e as norte-americanas. O Dow Jones (DJIA ) é um índice de ações que tem a finalidade de representar a evolução das cotações de 30 ações de empresas norte-americanas, que se destacam por serem líderes de mercado. 

Criado em 1896 pelo jornal norte-americano The Wall Street Journal, responsável por todos os cálculos e seleção dos ativos financeiros até os dias atuais. 

O Dow Jones é fundamental para o mercado financeiro dos Estados Unidos e do mundo, movimentando bilhões de dólares diariamente em diversos setores, serviços e produtos financeiros. 

Após a queda, o índice Dow Jones continuou caindo por mais três anos, e o movimento fatal foi em 8 de julho de 1932, com queda de 41,22 pontos. O Dow Jones perdeu quase 90% de seu valor desde e não atingiu alta novamente por 25 anos, até 23 de novembro de 1954.

Causa e efeitos do Black Thursday

Alguns motivos são listados como principais para a grande quinta-feira sombria, como: a produção excessiva em diversos tipos de indústrias, excesso de oferta em diferentes produtos, queda brusca de preços, grande aumento na volatilidade dos ativos financeiros e uma  falta de liquidez em seu sistema financeiro.

A Quinta-feira Sombria foi o dia em que o Dow Jones caiu, mas, na realidade, foi o evento estimulante, desencadeando uma dolorosa liquidação durante muitos anos, levando investidores à falência em todos os níveis de riqueza e empresas a perderem muito capital. 

Os Estados Unidos passaram outros períodos de crise, crash e depressões econômicas, a revolução industrial não foi um período fácil para os norte-americanos, Wall Street precisou de muito tempo para se recompor. 

Todos esses acontecimentos, serviram de aprendizado para os investidores do mundo todo, em dias atuais a bolsa de valores dos Estados Unidos, são consideradas as mais potentes do mundo e a Black Thursday é um marco na história que não pode ser apagado, mas compartilhado que foi um dia que foi superado.

Publicidade