6 opções de empréstimos que costumam ter juros mais baixos

A grana apertou? Acalme-se, vamos lhe mostrar os cinco empréstimo com a menor taxa de juros.

Publicidade

Publicidade

Segundo os dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), divulgada pela Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 66% das famílias brasileiras estavam endividadas em novembro de 2020.

Essa pesquisa considera como dívidas as despesas declaradas com cartão de crédito, cheque pré-datado, empréstimo pessoal, prestação de imóvel e carro, entre outros.

Publicidade

Como você pode ver, infelizmente, em algum momento, a maioria dos brasileiros vai precisar recorrer a empréstimos, seja para pagar dívidas ou então, realizar investimentos financeiros.

Independentemente de qual seja a situação, é muito importante optar por uma instituição bancária ou empresa que oferece empréstimos com taxas mais acessíveis.

Publicidade

Se você precisa realizar um empréstimo, mas está com medo dos altos juros cobrados pelas instituições financeiras, fique tranquilo.

Publicidade

Nós vamos te dar algumas dicas e mostrar 6 opções de empréstimos que oferecem juros mais baixos. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura:

Como escolher o melhor empréstimo?

Primeiramente, é importante ficar atento ao custo efetivo, ou seja, as taxas que envolvem o processo.

Publicidade

Publicidade

Por isso, é necessário entrar em contato com bancos e empresas do setor financeiro digital. Não tenha medo e nem vergonha de fazer perguntas, afinal, você precisa escolher a melhor opção para o seu bolso, não é mesmo?

Além disso, qualquer pessoa que realiza um empréstimo, deve ficar atento ao prazo estipulado para o pagamento das dívidas e o valor total de todas as parcelas.

Publicidade

Para você economizar tempo, o ideal é tentar o empréstimo online, pois dessa forma, se torna possível evitar longas filas e questões burocráticas que podem interferir no andamento da aprovação.

Depois de verificar todas as características, você deve enviar todos os documentos exigidos, aceitar a proposta e esperar para receber o dinheiro na sua conta.

Publicidade

Os 6 tipos de empréstimos com as menores taxas de juros

O que mais encarece um empréstimo são os juros incidentes em uma solicitação. As taxas levam em consideração o risco que o banco tem de NÃO receber o pagamento dentro do prazo estipulado.

Por isso, quanto mais garantias você oferecer, mais fácil será para negociar o valor das taxas.

Há algumas modalidades que levam em conta todos esses fatores e por isso, apresentam condições mais vantajosas e juros mais baixos. São elas:

1. Antecipação da restituição do imposto de renda

Nesse caso, o pagamento da dívida é debitado da conta do devedor no momento em que a Restituição do Imposto de Renda é depositada na conta.

Essa modalidade de crédito é considerada uma modalidade de crédito pessoal, mesmo assim, suas taxas são mais baixas do que outros empréstimos de crédito pessoal.

Como a chance de haver calote nesse tipo de empréstimo é baixa, os bancos oferecem juros um pouco mais vantajosos.

O problema, é que o banco que aceitar esse tipo de empréstimo, vai exigir que o pagamento seja feito no máximo até o mês de dezembro.

Ou seja, existe a possibilidade de o devedor não conseguir quitar as parcelas.

2. Refinanciamento de imóvel

Quem escolher por essa modalidade de investimento, deve ficar ciente de que está oferecendo o próprio imóvel como garantia de pagamento.

Como estamos falando um bem de alto valor e o banco tem certeza de que vai poder tomar o imóvel do tomador, caso ele não cumpra com o combinado, as taxas também são extremamente vantajosas.

A desvantagem é que o (Custo Efetivo Total) CET desse tipo de empréstimo é relativamente alto, já que você vai precisar registrar todo o processo no cartório.

3. Crédito pessoal oferecido por sites

Você sabia que há sites que oferecem créditos pessoais com juros mais baixos do que os cobrados pelas grandes instituições bancárias?

Como o serviço é prestado de forma online, os sites não possuem custos relacionados a manutenção do espaço físico, os juros costumam ter um valor mais baixo.

O problema é que algum empresas que trabalham através desses sites, são extremamente rigorosas durante o processo e por isso, nem todos os clientes têm o pedido aprovado.

Ou seja, como esses sites priorizam os bons pagadores, eles conseguem diminuir os riscos relacionados ao não pagamento da dívida.

Para oferecem recursos, os sites fazem parcerias com pequenos e médios bancos.

4. Crédito consignado

Essa opção é excelente para pensionistas e aposentados. Portanto, se você se faz parte de um desses grupos, aproveite, porque os juros são extremamente baixos.

As parcelas do empréstimo são descontadas diretamente da folha de pagamento do devedor.

O problema é que os bancos cobram diversas taxas adicionais, como taxa de avaliação de crédito e tarifa de cadastro, o que podem encarecer o Custo Efetivo Total (CET).

5. Empréstimo com garantia de veículo

Como o próprio nome já diz, nesse tipo de empréstimo, você está colocando o seu veículo como garantia de pagamento.

Ou seja, caso a dívida não seja paga, o banco pode tomar o seu carro. E é exatamente esse o motivo pelo qual essa modalidade de empréstimo é mais barata, já que ninguém quer perder o veículo, não é mesmo?

O valor do empréstimo pode chegar até 85% do valor do veículo, ou então R$ 50 mil reais.

6. Empréstimo com garantia de moto

É isso mesmo. Caso você tenha uma moto, pode colocá-la como garantia de pagamento. Porém, se não honrar com a dívida, a moto será tirada de você.

A vantagem é que conseguir o empréstimo através dessa modalidade é relativamente fácil.

Quanto mais novo e mais caro for o modelo da moto, mais baixos serão os juros.

Ter que emprestar dinheiro é algo que ninguém gosta, não é mesmo? Ainda mais quando o empréstimo é feito por bancos e outras instituições financeiras, já que os juros cobrados por essas empresas são muito altos.

Porém, como você pode ver nesse artigo, há diversas formas de diminuir o valor dos juros cobrados. O importante é estar atento as condições de negociação e pagamento e ter certeza de que você vai conseguir pagar o valor do empréstimo dentro do prazo estipulado.

Publicidade